Os moradores do Litoral foram surpreendidos por um intenso e denso nevoeiro. Foi assim na Capital, em Joinville, no Litoral Norte e também no Litoral Sul.  A névoa deixou os aeroportos operando por instrumentos e alguns voos na região até foram cancelados. Cartões postais como a ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, e o Mirante de Joinville também foram cobertos pelas gotículas de água condensada.

De acordo com Marcelo Martins, meteorologista da Ciram/Epagri, este nevoeiro está sendo registrado em todo o litoral do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo e deve permanecer de foma intermitente, durante todo o dia em Joinville, bloqueando o Sol.

“Este é um fenômeno bastante comum. Uma massa de ar quente que há alguns dias está no Sul do Brasil deixa o ar mais quente. Este ar, em contato com a superfície do mar, mais fria, acaba condensando, virando vapor (névoa). Como o vento está muito fraco, a nebulosidade não se dissipa”, explica Martins.

É por isso, que apesar da previsão do tempo indicar Sol para Joinville e região, o dia fica mais fechado e úmido. As temperaturas para esta quinta-feira em Joinville variam entre 18°C e 33°C. Em Araquari as máximas podem chegar a 32° e a mínima também será de 18°C.

Tempo muda no fim de semana

A partir de sexta-feira (20) o tempo começa a mudar no Litoral Norte. Uma frente fria traz chuva do Rio Grande do Sul a Santa Catarina e dissipa a massa de ar quente, que desde a semana passada está sobre o Estado.

Em Joinville a chuva chega entre a noite de sexta e madrugada de sábado, segundo o meteorologista da Ciram/Epagri, Marcelo Martins. “Com a chuva, as temperaturas devem cair bastante, principalmente na noite de domingo”, destaca.

Em São Bento do Sul, no sábado, os termômetros devem registar mínimas de 10°C e as máximas não passam de 19°C. Em Balneário Barra do Sul, no domingo as temperaturas variam entre 12°C e 19°C.

Quer receber as notícias no WhatsApp?