As obras de revitalização do Parque Natural Municipal da Caieira, localizado no bairro Adhemar Garcia, foram entregues na manhã desta quarta-feira pela Prefeitura de Joinville. Foram revitalizados o pórtico de entrada, o prédio administrativo, o prédio onde ficam os sanitários e a área de descanso dos visitantes. Além disso, foi implementada nova sinalização, oferecendo orientação ao visitante sobre os pontos de visitação, informação sobre fauna e flora, patrimônio histórico-cultural e trilhas ecológicas. As obras foram realizadas por meio de compensação ambiental, no valor de R$ 480 mil, com a empresa MRV Engenharia e Participações, conforme definido pela Secretaria do Meio Ambiente, Sema. Devido à existência de patrimônio histórico e arqueológico no local, os projetos foram aprovados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e pela Comissão Municipal do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Natural (COMPHAAN). Vereadores visitaram as obras|Assessoria de Imprensa Prefeitura Exposição conta história do Parque O Museu Arqueológico do Sambaqui está realizando uma exposição contando a história do parque, desde quando era usado como indústria do cal, passando pela sua desativação e estruturação, e os trabalhos arqueológicos realizados. São nove banners e acervos líticos – rochas trabalhadas e artefatos que ilustram a produção de ferramentas feitas pelos construtores de sambaquis, nas oficinas líticas. A exposição está na Casa de Atendimento Educativo e também destaca as estruturas arqueológicas encontradas no local, Plano de Manejo Para o próximo ano, o objetivo da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), por meio da Unidade de Desenvolvimento de Gestão Ambiental, é elaborar o Plano de Manejo da Unidade de Conservação. Este documento é fundamental para fornecer estudos necessários para caracterizar os recursos ambientais do parque, sua relação com a comunidade e o seu entorno, o zoneamento das atividades permitidas, além dos programas necessários e sua gestão. Ainda como atrativo, estuda-se a possibilidade de construção de um mirante no local, que oferecerá ao visitante uma vista panorâmica da beleza cênica existente no parque, sambaqui e Lagoa Saguaçu. Educação ambiental O Parque Caieira é uma importante referência para educação ambiental do município. Escolas da rede pública e privada realizam visitas, monitoradas por estagiários do curso de Ciências Biológicas, mediante agendamento. Um novo projeto de Educação Ambiental e Patrimonial está sendo elaborado, a fim de aproveitar todo o potencial que o parque pode oferecer aos visitantes. Envolve a Secretaria do Meio Ambiente, a Secretaria de Cultura e Turismo e parceiros ligados à área ambiental no município. A ideia é aproveitar a vocação natural do parque para torná-lo um ponto de referência para a educação ambiental e patrimonial no município. O Parque Natural Municipal da Caieira O Parque Natural Municipal da Caieira é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, de acordo com a Lei 9.985/2000. Foi criado em 2004 por meio do Decreto Municipal 11.734. Sua construção e inauguração foi realizada por meio de um Termo de Ajuste de Conduta, promovido pelo Ministério Público Federal com a empresa Tupy. Tem área de 1,27 km2, localizado às margens da Lagoa do Saguaçu, no bairro Adhemar Garcia. É destinado a fins educativos, científicos, culturais e de lazer contemplativo. Sua função principal é a preservação e conservação do patrimônio cultural, os sítios arqueológicos, e natural, os ecossistemas formados pelo manguezal e a restinga, que fazem parte do Bioma mata Atlântica. *Informações via Assessoria de Imprensa