A Prefeitura de Florianópolis, através da Secretaria de Infraestrutura, fez a entrega do trapiche aos moradores em geral e à comunidade pesqueira, em especial, do bairro do João Paulo, na região central da cidade, no aniversário da cidade.

Construída na altura do final da Servidão Nonô, a estrutura vai beneficiar cerca de 90 pescadores, os quais passarão a atracar seus barcos sem risco deles encalharem na lama, bem como passar a tirar com mais facilidade das embarcações os produtos que obtiverem da pesca.

“Agora a atividade pesqueira no João Paulo terá mais qualidade. Que a maré seja de peixe”, desejou o prefeito Gean Loureiro.

Trapiche tem 210 metros de extensão e 3,75 metros de largura e até dois metros de profundidade, dependendo da maré | Foto Leonardo Sousa/PMF

 

As obras envolveram a construção do trapiche em si, de 210 metros de extensão e 3,75 metros de largura e até dois metros de profundidade, dependendo da maré. Assim como a instalação de ponte de base estrutural metálica e deck de madeira de 10 metros de extensão que fará ligação à “linha flutuante”.

Esse equipamento vai acompanhar o movimento da maré e facilitará o embarque e desembarque de pessoas e a carga e descarga dos produtos relativos à atividade da pesca.

Na parte do trapiche em que moradores e turistas poderão fazer contemplação do local, de 140 metros, foi colocado guarda-corpo metálico para maior proteção e segurança. Os 70 metros finais do píer serão de acesso exclusivo aos pescadores da região, demarcado por uma cancela.

As obras feitas pela empreiteira Concretil Construções incluíram execução de projeto de iluminação.