Sorvete em uma mão, casaco na outra e a procura de uma sombra. Essa foi a terça-feira (17) para muitos jaraguaenses. Em pleno inverno, os termômetros chegaram a mais de 30ºC na cidade pelo segundo dia consecutivo. O calor deve se manter até o fim de semana, quando uma frente fria traz o clima gelado para Santa Catarina.

Apesar do aumento de temperatura, a madrugada e o começo da manhã foram frios fazendo muitas pessoas saírem de casa encasacadas. A auxiliar de contabilidade, Gabrieli Rodrigues , 28 anos, saiu preparada. "Vim com roupa para para um clima quente, mas sempre carrego o casaco dentro da bolsa caso o tempo esfrie", comenta.

Quem gostou da vinda do calor foi o vendedor de sorvetes, Tiago Fernando Albuquerque, 18 anos. Ele comentou que o número de clientes ainda não é o ideal, mas o aumento foi significativo em relação a semana passada. "Só quem gosta mesmo de sorvete para comprar no frio. Já no calor, como hoje e ontem, a galera compra para refrescar", relata.

Tiago teve bastante trabalho nesta terça-feira (17) | Foto Eduardo Montecino/OCP News

Calor se mantém durante a semana

Uma das principais características do inverno é uma grande amplitude térmica, maior diferença entre a temperatura mínima e máxima. Em Jaraguá do Sul, os últimos dias foram de forte oscilação no clima. Na semana passada, a cidade registrou 6ºC e nessa semana já atingiu os 32ºC.

A expectativa é que que a temperatura se mantenha entre 32ºC e 18ºC até sexta-feira (20), de acordo com previsão do sistema Epagri/Ciram. No sábado (21), outra frente fria avança por Santa Catarina, ocasionando nova queda de temperatura. No dia 24, outra frente fria também deve trazer chuva para Jaraguá do Sul.

Consequências na mudança de temperatura

Quente durante a tarde, frio durante a noite. Chuva e sol no mesmo dia. A constante mudança no clima é muito recorrente nessa época do ano e pode acarretar vários problemas de saúde. Gabrieli, por exemplo, conta que a variação na temperatura afetado ela, que está com gripe e rinite.

Quanto mais baixa a temperatura, menor é a imunidade do nosso corpo, por isso a chance de contrair uma doença aumenta. Resfriados, bronquite e rinite são algumas doenças que costumam afetar as pessoas quando uma mudança brusca ocorre no clima.

Dicas para evitar doenças

A dica já é velha, mas não custa lembrar. Procure ficar em locais abertos, já que os resfriados geralmente se pegam em ambientes fechados e sem circulação de ar. Quanto mais pessoas em um mesmo espaço a chance de contrair o vírus aumenta.

É importante se manter agasalhado em dias gelados, principalmente as extremidades (cabeça, mãos e pés), por isso é necessário estar preparado tanto para o calor quanto para o frio.

A mudança no clima por si só afeta o nosso corpo, então é bom evitar mais mudanças ao sair constantemente entre ambientes frios e quentes, como um onde tenha sol e outro com ar-condicionado.

Quer receber as notícias no WhatsApp?