A 10ª reunião do comitê de crise foi realizada nesta sexta-feira (01), no Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd), em Florianópolis, e reuniu o colegiado estadual. O evento marcou o encerramento da operação que durou 11 dias e coordenou as ações do Governo do Estado para amenizar os impactos da paralisação dos caminhoneiros e garantir os serviços essenciais à população em Santa Catarina.

Elogios de todas as partes foram apresentados ao governador Eduardo Pinho Moreira e ao secretário de Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, que presidiu o comitê de crise, centralizando as informações das áreas envolvidas.

Moratelli destacou que o Cigerd foi criado após pesquisa em instituições do mundo todo, sendo que em Santa Catarina o espaço é o sexto Centro do Mundo com as características que estão apresentadas aqui. A operação integrada foi fundamental para manter a ordem. “Não tivemos vítimas, atuamos protegendo os cidadãos com um número mínimo de embates. Podemos dizer que agora somos uma terra Santa, bela e segura Catarina”, destacou.

”O melhor trabalho de gestão de crise do Brasil foi sem dúvida o de Santa Catarina”. A afirmação do procurador da República Darlan Airton Dias emocionou os presentes. De acordo com Darlan, o trabalho foi reconhecido também pela procuradora-geral Raquel Dodge, em Brasília.