A Prefeitura de Florianópolis reforça que os comércios de rua devem continuar fechados na cidade por mais uma semana. Os hotéis e pousadas também não poderão reabrir as atividades.

A medida foi tomada com base em estudos elaborados pelo comitê de crise da Secretaria de Saúde de Florianópolis.

O estudo apresentado demonstra que, sem intensificações das ações, em 30 dias não haverá vagas de UTI disponíveis na cidade. Também foi demonstrado que, caso haja a abertura ampla de comércio e afins, em 45 dias a previsão é de morte de 300 pessoas.

Para conter esse número de mortes, a administração municipal propôs a manutenção das medidas de distanciamento social com a intensificação da testagem precoce, monitoramento intensivo e o decreto que fará com que, a partir do dia 17 de abril, todos sejam obrigados a usar máscaras caseiras para conter essa tendência.

“Florianópolis foi uma das primeiras cidades a adotar o distanciamento social. O que nós fizemos provavelmente diminuiu 3 ou 4 vezes o número de contaminados que teríamos”, comenta Gean Loureiro.

Termômetros nos supemercados

A recomendação é que os supermercados comprem termômetro infravermelho para medir a temperatura de todos que entrarem no espaço. A medida começará a valer no final da próxima semana.

 

Foto Studio OCP

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp