A Diretoria de Trânsito e Transportes da Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo dá sequência nesta semana à implantação do binário do Amizade, alteração no trânsito que deverá ser concluída no fim de semana com a inauguração da Ponte José Modestino Junkes (Menegotti). De acordo com a Diretoria, nesta quinta-feira (7), a equipe começa a executar a implantação de mão única na Rua 13 de Maio, que terá sentido único, do bairro ao centro, desde a Rua João Baptista Rudolf até a Rua Rio de Janeiro, numa extensão de 1.550 metros.

Primeira etapa

O binário do Amizade é composto pelas ruas 13 de Maio e Roberto Ziemann, desde a Rua Rio de Janeiro até a Rua João Baptista Rudolf (rua em frente à Igreja Luterana Apóstolo Tiago), e abrange as transversais: José Brunner, Paulo Benkendorf, Guanabara, Adolpho Augusto Alfredo Ziemann, Irmão Leão Magno, Irmão Celestino Depine, Arthur Gunther e João Baptista Rudolf, nos bairros Czerniewicz e Amizade. A mudança de sentidos destas transversais começou a ser feita nesta semana.

Segunda etapa

A segunda etapa é a implantação de mão única na Rua 13 de Maio, que seguirá em mão única no sentido bairro/centro desde a Rua João Baptista Rudolf até a Rua Rio de Janeiro. As alterações começam nesta quinta-feira (7). No caso de mau tempo, as alterações poderão ser transferidas.

Terceira etapa

A terceira etapa será a implantação de mão única na rua Roberto Ziemann, que seguirá em mão única no sentido centro/bairro desde a Rua Rio de Janeiro até a Rua João Baptista Rudolf, voltando a ser mão dupla no restante do trajeto.

Quarta etapa

A quarta etapa consiste na abertura da nova Ponte que ligará as ruas 13 de Maio à Ervino Menegotti e Joaquim Francisco de Paula, esta etapa é fundamental para melhorar a fluidez de toda a região fazendo uma importante ligação entre os bairros Amizade, Czerniewicz para Chico de Paulo, Água Verde, Vila Lenzi e tantos outros que serão beneficiados.

A nova ligação permitirá reduções de percurso de mais de dois quilômetros, trazendo agilidade e fluidez nos deslocamentos. Essas alterações visam dar maior fluidez e segurança para todos os usuários das vias, a rede cicloviária também será interligada permitindo rotas demarcadas e com segurança aos ciclistas.