A Defesa Civil de Santa Catarina (DCSC) está em alerta máximo com todas as suas equipes monitorando as ocorrências relacionadas às chuvas que atingem o Estado. No início da noite desta terça-feira, o governador Carlos Moisés participou de uma reunião com o secretário chefe da Defesa Civil, David Busarello, e equipe técnica, para avaliar o cenário.

Os alertas de atenção máxima seguem até a próxima quinta-feira, com risco alto para alagamentos, inundações e deslizamentos, principalmente para o Litoral Sul.

Devido aos grandes volumes de chuva registrados nas últimas horas, houve significativo aumento dos níveis dos rios, chegando em nível de alerta para inundação nas regiões do Litoral Sul, Planalto Sul (com destaque para a Bacia do Rio Tubarão), Oeste e Meio Oeste.

A DCSC, por isso, indicou situação de alerta para inundações nos rios nessas regiões e situação de atenção para os demais rios do estado.

Fotos: Divulgação Defesa Civil de Santa Catarina


Monitoramento

Na manhã desta terça-feira, a equipe de monitoramento da DCSC iniciou as operações na barragem oeste de Taió, na região do Alto Vale do Itajaí. A barragem atua na contenção de cheias para minimizar o cenário de inundações da região.

A Defesa Civil já emitiu um alerta para a ocorrência de inundação gradual em localidades das regiões Oeste, Meio Oeste e Extremo Oeste.

"Todas as equipes regionais estão em campo, auxiliando os catarinenses, e o sistema de monitoramento atua 24 horas por dia, sete dias por semana. A Defesa Civil de Santa Catarina reitera a importância de acompanhar as atualizações diárias dos boletins de previsão do tempo e os avisos e alertas emitidos pelo site e mídias sociais", orientou.

 

  • Para receber os avisos e alertas da Defesa Civil de Santa Catarina, cadastre-se enviando o seu CEP por SMS para o número 40199.
  • Em caso de emergência, ligue 199 para a Defesa Civil de seu município, 190 para a Polícia Militar ou para o número 193 do Corpo de Bombeiros.