Ao menos por enquanto, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, descarta qualquer medida mais restritiva como o lockdown ou mesmo uma quarentena, como fez o município de Tubarão.

Em um vídeo publicado em suas redes sociais, Salvaro coloca uma máscara no monumento de homenagem “Criciúma aos Homens do Carvão”, ou popularmente, o “Mineiro do Centro", na Praça Nereu Ramos, para reforçar as medidas de proteção.

Fotos: Reprodução

Mas para que a cidade continue no seu "novo normal", ele ressalva que é necessária a participação de todos no combate à Covid-19.

“Todos, sem exceção, devem usar máscaras, devem manter o distanciamento, fazer a higienização das mãos. Aí sim nós não vamos precisar parar tudo. Assim é possível continuar trabalhando, com todos os cuidados, e é possível reduzir o número de pessoas internadas nos nossos hospitais”, disse.

Casos

Mais 106 casos de coronavírus foram confirmados em Criciúma nessa terça-feira.

Foram já notificados então, 1.416 casos de Covid-19, sendo 786 considerados recuperados e 15 óbitos.

Ou seja, a cidade tem 615 casos ativos.

Hospitalizados

O número de confirmados e o de hospitalizados em um dia foi recorde até então.

Também ontem, passou de 100 o número de hospitalizados devido à Covid-19, em Criciúma.

Eram 101 internados com relação ao novo coronavírus, cinco a mais que segunda, entre confirmados (64) e suspeitos (37), 34 em leitos de UTI.

Do total, 48 são de outros municípios.

Os leitos de UTI do Hospital São José, ao menos até então, estavam com 100% da capacidade atingida.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul