A professora Lúcia Regina Cardoso, moradora do bairro Próspera, que atuou por 30 anos na educação de muitos criciumenses, agora precisa de ajuda.

No dia 10 de julho, ela contraiu a Covid-19. Após isso, desencadeou diversos outros problemas, como diabetes, pancreatite, infecção urinária (sepse), o rim parou (sendo que só tem um) e também quebrou a fíbula em uma queda que teve em casa.

A professora Lúcia está internada no Hospital São José, agora no quarto, desde 24 de agosto. Ela ficou aproximadamente 21 dias na UTI.

Segundo o filho, Mateus Sampaio, criador de uma vakinha on-line, na quinta-feira ela fez uma cirurgia na fíbula e encontra-se estável, esperando ficar forte para ter alta. Usa sonda para comer e urinar, está usando fraldas e sendo amparada por uma cuidadora, a qual tem o custo aproximado de R$ 200 por dia.

“Precisamos comprar fraldas, comprar aquela cadeira que dá banho, aluguel de cadeira de rodas e andador e também pagar a cuidadora para sua recuperação em casa. Além de medicamentos e uma comida mais saudável. Ela se encontra muito debilitada, pois está lutando pela vida desde o dia 10 de julho. Quem conhece sabe o coração da minha mãe, aquela pessoa que tira do próprio bolso para ajudar o próximo. Espero que amigos e familiares se sensibilizem e possam de certa maneira nos ajudar nesse momento delicado. Agradeço atenção de todos, meu muito obrigado”, pediu Mateus.

Clique AQUI para ajudar!

 


Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul