Os municípios de Jaraguá do Sul, Schroeder, Guaramirim e Corupá suspenderam o serviço de coleta de lixo na manhã desta terça-feira (22). O motivo é a paralisação dos caminhoneiros.  A Serrana Engenharia explica que estão com duas carretas paradas nas manifestações, sendo uma em Mafra outra em Rio Negrinho e quatro carretas carregadas na Estação de Transbordo em Nereu Ramos, em Jaraguá do Sul.

Todos os caminhos que levam até o aterro de Mafra, incluindo rotas alternativas estão bloqueadas pelos manifestantes. As empresas que prestam o serviço nas cidades estão em contato com as autoridades para tentar a liberação das carretas nas rodovias e, assim, retomar os serviços.

Quer receber notícias no WhatsApp? Clique aqui.

Em Jaraguá do Sul, o Samae orienta a população para que não coloque o lixo nas ruas. Enquanto os manifestantes impedirem a destinação do lixo para Mafra, não há possibilidade de coleta dos resíduos. Alternativas de destinação para aterros de empresas conveniadas com a Ambiental foram levantadas, mas todas as rotas em rodovias federais estaduais estão fechadas para o tráfego de caminhões.

“O Samae reforça que o lixo não seja colocado nas ruas para evitar acúmulos de sacos. Que neste momento possam ser bem acondicionados e mantidos dentro das residências. Pedimos a compreensão dos jaraguaenses e afirmamos que estamos todos empenhados numa solução rápida para esta situação”, comenta nota divulgada pela autarquia.

*Com informações do Samae.