Com dez anos de atuação em Blumenau, a BRK Ambiental, concessionária responsável pelo sistema público de esgotamento sanitário no município, já ampliou a cobertura de esgoto para 21 dos 35 bairros da cidade. Recentemente, os serviços foram disponibilizados para os moradores das transversais das ruas dos Caçadores e General Osório, no bairro Velha, permitindo que mais de 900 imóveis efetuem a ligação na rede coletora.

“A ampliação contínua do sistema garante que 19 milhões de litros de esgoto bruto deixem de ser despejados em diversos córregos, ribeirões e no rio Itajaí-Açu, além de refletir na saúde, no bem-estar e na qualidade de vida dos blumenauenses”, explica Cleber Renato, responsável pela empresa em Blumenau.

Após a disponibilização da rede, segundo a concessionária, a população deve efetuar a correta interligação das tubulações internas dos imóveis, garantindo os benefícios do saneamento básico para todos.

Conforme dados do Instituto Trata Brasil, o sistema é essencial no combate à transmissão de várias doenças, resultando em conquistas como: a cada R$ 1 investido em saneamento, R$ 4 são economizados na saúde; o acesso à coleta de esgoto e água tratada reduz em até 6,8% o atraso escolar e aumenta em até 13,3% a produtividade de um trabalhador. Além disso, residências com acesso à rede de esgoto têm valorização média de até 18%.

 

“Seguir as orientações técnicas para a correta conexão do imóvel ao sistema público de esgotamento sanitário é fundamental para evitar transtornos indesejáveis. Respeitar o padrão das tubulações internas, conforme indicado, é uma medida que ajuda a manter o bom funcionamento do tratamento do esgoto. Afinal, contribuir para a saúde coletiva e a preservação do meio ambiente é um dever de todos nós”, completa Cleber.

 

Dicas para ligação correta nos imóveis

  • Quando o esgoto é ligado de forma irregular, diretamente na galeria de água pluvial - responsável pela coleta de água da chuva, não recebe o devido tratamento. Desta forma, ele é destinado diretamente aos rios, córregos ou ribeirões carregado com toda a matéria orgânica poluidora, resultando em prejuízos para o meio ambiente, odor e proliferação de pragas urbanas.
  • Da mesma forma, não conectar o sistema de coleta da água da chuva (calhas de telhado, ralos externos) na ligação de esgoto também é fundamental. A água da chuva misturada ao esgoto prejudica o processo de tratamento e pode causar vazamentos em vias públicas, entupimentos e até mesmo retornar para dentro das residências. A água da chuva deve ser destinada diretamente à rede de drenagem pluvial.
  • Durante o processo de alteração das tubulações internas dos imóveis, não permita que materiais estranhos sejam levados para dentro da ligação de esgoto, tais como papelão, plásticos, pedaços de madeira, pedras e restos de construção. Esse tipo de material acarreta obstruções e transtornos, como extravasamentos de esgoto para dentro de casas e nas ruas.

Para a solicitação de serviços na rede pública de esgoto, a BRK Ambiental mantém um canal gratuito de comunicação por meio do telefone 0800 771 0001, que está disponível 24 horas por dia. Disponibiliza também atendimento pelo WhatsApp (11) 99988-0001, com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h; pelo site www.brkambiental.com.br/blumenau; e pela página no Facebook.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul