Para coach, três passos são fundamentais para alcançar a tão sonhada meta | Foto Eduardo Montecino/OCP News

Para coach, três passos são fundamentais para alcançar a tão sonhada meta | Foto Eduardo Montecino/OCP News

Não é nada incomum, ao contrário, é bastante popular e tradicional o momento de criar metas para o ano. Seja em dezembro ou em janeiro, muitas pessoas costumam criar “uma lista de metas” para o ano que inicia.

Para 2019, há aqueles que já elegeram suas prioridades e há aqueles que ainda estão trabalhando na definição das metas que devem ser cumpridas neste ano.

E há muitas variações: iniciar a tão adiada academia, trocar de carro ou iniciar um novo curso. As metas são variadas e as áreas também. Mas, afinal, como criar uma lista metas para 2019 de uma forma que ajude a atingir os tão sonhados objetivos?

O coach Sandro Ferrari diz que o tema pode ser ao mesmo tempo bastante simples e complexo. Ele explica que, muitas vezes, o padrão se repete e as metas não são cumpridas pelo simples fato de que costumamos falar delas, mas não necessariamente colocá-las no papel e, mais ainda, em prática.

Ferrari ressalta ainda que, embora as famosas metas tenham a tendência a permanecer no campo material, é possível – e até recomendável – estendê-las para outras áreas da vida, como a intelectual.

“O importante é ter uma meta em mente, uma para cada área da vida, pelo menos uma. O recomendado é trabalhar uma meta de cada vez porque geralmente essa grande meta vai te mover para realizar outras coisas que nada mais são do que pequenas metas para atingir a principal”, explica.

Além disso, é essencial, explica o coach, estipular um dia, hora e prazo para “resolver” as situações descritas.

Ferrari diz ainda que é necessário estipular metas que façam com que a zona de conforte fique para trás, ou seja, não pensar em metas possíveis para as quais já se conhece o caminho e sim, pensar em objetivos que façam com que o movimento de crescimento e desenvolvimento aconteça para chegar até ela.

“As pessoas costumam colocar metas que elas já conseguem resolver, colocam metas sempre iguais, coisas que já fizeram, que já sabem o caminho. O recomendável é colocar uma meta possível, mas que você vai se desenvolver para conseguir alcançar. Outro ponto é que algumas pessoas sempre criam metas pensando em bens materiais, mas você pode estruturar metas de maneira intelectual”, ressalta.

Foco em três aspectos

O coach lembra que é sempre importante ter três pontos claros e precisos antes de construir a meta:

O que quer

Geralmente o que as pessoas querem não é a meta, mas o resultado da meta.

O que fazer para alcançá-la

A maioria das pessoas não usa toda sua energia para conseguir os recursos necessários.

Saber quando irá concluir essa meta

Estipular um prazo final para conquistá-la.

Passo a passo para mudança de carreira

Para muitas pessoas, a vontade de se desenvolver profissionalmente é um dos grandes desafios encarados no começo de um ano. Algumas pessoas vão além e nutrem a vontade de mudar de carreira. Nesse caso, o coach Sandro Ferrari exemplifica algumas reflexões a serem feitas.

Para começar ele ressalta que é preciso ter em mente que tudo que estudou e desenvolveu pode ser utilizado em outra carreira, porque esse é o maior medo: começar do zero.

Outro ponto importante é fazer uma avaliação vocacional. Antes de mudar, é interessante fazer uma avaliação vocacional ou comportamental para perceber o quanto de inclinação existe para a carreira desejada e o quanto tem para a atual.

Por último, o execício consiste em fazer um planejamento sobre a nova atividade profissional, planejar tudo aquilo que se quer, porque é uma mudança que vai gerar muitos impactos.

Metas com degraus

O coach Sandro Ferrari destaca que as grandes metas podem ser “quebradas” em submetas, o que torna o caminho menos árduo e facilita o processo para atingir a “grande meta”.

“As pessoas vão com muita sede ao pote e geralmente as grandes metas podem ser quebradas em submetas. Realizar metas é mudar”, enfatiza.

Para Ferrari é preciso ainda ter o desapego como palavra de ordem. “Realizar metas tem a ver  com desapego”, afirma.

O coach dá ainda duas dicas fundamentais para atingir as metas traçadas.

“Faça uma avaliação do ano que passou, procure lembrar o que queria para o ano que passou e avalie se conseguiu ou não realizar. Se não conseguiu, identifique o que atrapalhou para que esse padrão não se repita em 2019”, conta.

“Anote suas metas em um pedaço de papel e leve com você porque isso é foco, a atenção que você dá para algo”, finaliza.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?