A Clínica Mova promove nesta terça-feira, 28/04, a partir das 20 horas, uma live aberta ao público, com o tema “Os desafios da quarentena: como nutrir o corpo e a mente de forma saudável? A apresentação terá a presença do Diretor Clínica da Mova, cirurgião Leandro Avany Nunes, da Psicóloga, Ana Paula Gramacho e da Nutricionista, Michele Biff. A proposta do encontro é esclarecer muitas das dúvidas que os pacientes bariátricos têm com relação ao momento atual da pandemia do coronavírus Covid-19. A live será transmitida pelo perfil da clínica no Instagram @clinicamova e no Facebook/clinicamova.

O cirurgião Leandro Avany Nunes explica que diariamente muitos pacientes procuram informações sobre os riscos relacionados à obesidade e o contágio, tratamento e cuidados a serem tomados no dia-a-dia. “É muito importante esclarecer para quem já fez cirurgia ou pretende fazer, quais são os riscos e os cuidados durante o isolamento social, sem nunca esquecer das recomendações nutricionais e de suplementação indicadas pela equipe multidisciplinar”, destaca do Dr. Leandro Avany Nunes.

O médico alerta que a cirurgia bariátrica por si só não se configura critério de inclusão entre os grupos de risco para contágio ou agravamento dos casos de COVID 19, mas os pacientes bariátricos e metabólicos devem seguir os mesmos cuidados da população em geral. Outra temática que traz muitas dúvidas e que será tratada é quanto a vacinação contra gripe e suas indicações tanto para obesos quanto pacientes com cirurgia bariátrica. Esta será a primeira reunião do Grupo Multidisciplinar de Cirurgia Bariátrica da Mova, em 2020.

GRUPO MULTIDISCIPLINAR

A Clínica promove os encontros tradicionalmente todos os meses, onde são tratados os assuntos relacionados à obesidade e cirurgia bariátrica, reunindo pacientes que se buscam informações, pacientes que estão se preparando para a cirurgia e também que já passaram pela cirurgia bariátrica. Assim como nas reuniões presenciais, a equipe multidisciplinar vai apresentar as informações e também esclarecer dúvidas dos pacientes que poderão enviar as perguntas previamente ou durante a transmissão.

OBESIDADE É UMA DOENÇA CRÔNICA E TEM TRATAMENTO

A obesidade é uma doença e ela tem tratamento. A Clínica Mova trabalha no tratamento desta epidemia, que hoje atinge pessoas de todos os sexos, idades e classes sociais. “A obesidade é um grande problema que acomete o mundo hoje, mas ainda uma doença pouco esclarecida, levando a mitos e preconceito para quem convive com a obesidade”, destaca o cirurgião Leandro Avany Nunes, Diretor Clínico da Mova. Ele destaca que o primeiro passo é entender que a obesidade é uma doença assim como o diabetes e a hipertensão e por isso deve ser encarada como uma doença crônica, que não tem cura, e que precisa ter um controle e tratamento continuados.

Muito se fala das causas da obesidade e o que se sabe hoje é que, na sua maioria, ela tem uma origem genética. Isso só dificulta ainda mais o controle, como no diabetes e na hipertensão. “O balanço energético, do qual participam a energia ingerida e a energia gasta, parece depender cerca de 40% da herança genética, podendo afetar ambas as partes desta equação energética, que inclui o apetite e o gasto calórico”, observa o cirurgião.

Porém, diferente de outros pacientes com doenças crônicas, o paciente obeso ainda sofre com o preconceito e a discriminação da sociedade. “Eu não vejo nenhuma pessoa apontar na rua um diabético que não está controlando sua doença de maneira adequada, com glicose alta, e gritar - lá vai um diabético relaxado. E é exatamente a mesma coisa, só que no paciente com obesidade a doença sem controle se torna aparente. Então nossa primeira etapa é perder a culpa. Saber sim que devemos tratar, porém não devemos nos considerar relapsos, relaxados ou fracassados. O importante é buscar o tratamento, assim como nestas outras doenças. Isso é uma demonstração de amor à vida, buscando uma melhor qualidade vida, com mais saúde física, mental e emocional”, finaliza o Diretor Clínico da Clínica Mova.