Cidasc inicia inspeção dos barcos de pesca industrial e embarcadouros

Cidasc inicia inspeção dos barcos de pesca industrial e embarcadouros Cidasc inicia inspeção dos barcos de pesca industrial e embarcadouros

Cotidiano

Por: Windson Prado

sexta-feira, 07:09 - 16/02/2018

Windson Prado
Santa Catarina se prepara para inspeção de barcos e desembarcadouros autorizados a exportar para União Europeia. A partir da próxima semana, técnicos do Ministério da Agricultura farão o treinamento de funcionários da Cidasc (Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina) para inspeção dos barcos de pesca industrial e desembarcadouros que trabalham com exportação para países da Europa. A capacitação será entre os dias 19 e 21 de fevereiro, na sede do Sindipi (Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região), em Itajaí. Durante o treinamento, os funcionários da Cidasc irão participar de reuniões de nivelamento e de práticas de inspeção de embarcações e desembarcadouros. O Ministério da Agricultura fornecerá uma lista de itens a serem observados durante as vistorias, o que irá orientar as ações da Cidasc. “Nós estamos trabalhando contra o relógio, para que possamos retomar as exportações de pescado o quanto antes. A União Europeia é um importante mercado, que nós temos plenas condições de reconquista”, ressalta o secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa. As inspeções começam na terça-feira, 20, com os técnicos do Ministério da Agricultura e da Cidasc e, segundo o presidente da Cidasc, Enori Barbieri, após o dia 21 a Cidasc dará continuidade às vistorias. O Sindicato dos Armadores e das (Sindipi) (Indústrias de Pesca de Itajaí e Região) será responsável por organizar as embarcações para que sejam vistoriadas, dando prioridade para aquelas que estiverem ancoradas nos portos catarinenses. A certificação da Cidasc terá abrangência em toda a costa brasileira, podendo ser feita inclusive em barcos de outros estados que descarregam pescados em Santa Catarina. Isso é possível porque Santa Catarina aderiu ao Suasa (Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária) – sistema que garante a inspeção e fiscalização de produtos de origem animal e vegetal de maneira uniforme e equivalente em todos os estados. Pesca em Santa Catarina Santa Catarina é o maior produtor de pescado do Brasil. O setor da pesca de Santa Catarina gera 60 mil empregos diretos e indiretos, em torno de 60 indústrias. O valor das exportações catarinenses de pescado totalizou US$ 29 milhões em 2017, sendo que US$ 2,4 milhões foram para União Europeia.
×