Oito cidades do Oeste de Santa Catarina registraram estragos causados pelo vendaval que aconteceu durante à tarde deste domingo (29) e a madrugada desta segunda-feira (30). As cidades afetadas foram São Miguel do Oeste, Dionísio Cerqueira, Tangará, Seara, Concórdia, Palmitos, Arabutã e Irani, onde casas foram destelhadas, ruas ficaram alagadas e árvores caídas. Mais de 700 pessoas foram afetadas e mais de 180 residências foram atingidas.

De acordo com o portal G1, em São Miguel Do Oeste os bombeiros foram acionados para 55 ocorrências neste domingo (29). Dentre elas estavam o corte de árvores e o destelhamento de residências. Em Palmitos cerca de 180 residências tiveram seus telhados danificados. O mesmo aconteceu em duas escolas, duas creches, três torres de internet e uma torre de rádio. Lá, os ventos fortes ocorreram por volta das 17h.

Em Seara, uma enxurrada por volta das 18h causou alagamentos e derrubou um muro que afetou duas residências. Árvores caíram nas rodovias SC-283 e na SC-155.  Já em Concórdia o vento chegou por volta das 18h30. Foram destelhadas casas e árvores foram derrubadas. Segundo informações dos bombeiros voluntários, pelo menos 11 casas precisaram receber lonas.

O município de Dionísio Cerqueira também teve registro de pontos de alagamento por causa na chuva forte no domingo. Em Tangará, a chuva e o vento danificaram casas e derrubaram árvores por volta das 19h30. Em Arabutã, o vento derrubou uma árvore em cima de uma residência. Ninguém ficou ferido. Também houve uma queda de árvore na SC-283 e na SC-154, segundo a Defesa Civil estadual.

Acidentes

Uma queda de árvore e de pedras, na BR-153, em Irani, provocou dois acidentes. Por volta das 6h desta segunda-feira (30), os bombeiros voluntários de Irani foram chamados por causa de uma árvore que caiu no km 68 da BR-153. Enquanto se deslocavam para o corte da árvore, foram novamente chamados porque um veículo bateu no tronco. O motorista de 38 anos era de Concórdia e relatou aos bombeiros que não viu a árvore e que os demais motoristas também não deram sinal de luz. Ele foi atendido no local e não precisou ser hospitalizado.

Também, por volta da 1h da madrugada, os bombeiros foram acionados porque a chuva fez com que algumas pedras desmoronassem na BR-153. Um caminhão acabou colidindo contra as rochas e o motorista não se feriu com gravidade.

Carro bateu em árvore derrubada por vento na BR-153 | Foto Divulgação/Bombeiros Voluntários de Irani