A Comissão Permanente de Planejamento de Estratégia de Enfrentamento da Pandemia de Covid-19 de Biguaçu quer a convocação imediata de secretários da saúde dos 22 municípios da Grande Florianópolis para aprovação de medidas de isolamento mais restritivas em toda a região.

O Sul do Brasil se tornou o novo foco da pandemia e a escalada de novos casos mais que triplicou nos três estados do Sul. Nesta quarta-feira (22), o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, desembarca na Capital.

A Grande Florianópolis é uma das sete regiões de Santa Catarina com nível de alerta máximo para o coronavírus. Em todas essas regiões, desde segunda-feira (20), um novo decreto limitou serviços e em 111 municípios o transporte coletivo foi suspenso por 14 dias. Também estão suspensas atividades educacionais presenciais, pelo menos até 7 de setembro. Dos 295 municípios, a Covid-19 chegou a 288. Joinville soma 96 mortes e 4.954 casos confirmados.

Quase 250 mortes

A Comissão de Biguaçu que cobra as ações mais restritivas do isolamento para a região também pede que se siga a resolução do Conselho Estadual de Saúde, que pede a implementação de medidas que garantam 60% de isolamento por parte de prefeituras, secretarias municipais e a Secretaria de Saúde do Estado.

No boletim de 21 de junho, o Estado somava 17,5 mil casos e 246 mortes. Nesta terça, 21, um mês depois, o número de infectados passou dos 56 mil, sendo que 8.6 mil estão em acompanhamento e 46 mil se recuperaram. O número de mortos por coronavírus em Santa Catarina chegou a 738. A taxa de letalidade atual é de 1,31%.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp