Para marcar o mês de Conscientização do Autismo, a Secretaria Municipal de Saúde promove o “1º Ciclo de Palestras sobre o Transtorno do Espectro Autista, numa perspectiva de sensibilizar para incluir”. O objetivo é a troca de informações para auxiliar o corpo médico de São José no diagnóstico precoce. O evento segue até esta sexta-feira (13), das 9h até às 12h e das 13h até às 17h, no Auditório Sul do 1º andar da Prefeitura de São José. Quer receber as notícias do OCP Florianópolis no WhatsApp? Clique aqui Para a abertura do evento, o grupo Conversando Sobre Autismo esteve presente, levando as experiências de acolhimento e inclusão dos familiares da Grande Florianópolis que possuem o Transtorno do Espectro Autista. “Saber que cada médico que ouviu sobre o nosso Grupo agora pode nos indicar para uma família de tenha o diagnóstico do espectro autista, é maravilhoso. Porque, agora em São José, por meio da troca de experiências e o acolhimento para os pais, podemos proporcionar algo que os auxilie”, comenta Denise Pedrini Monteiro, enfermeira e uma das pioneiras do grupo. Até sexta-feira (13), as palestras ainda vão abordar diversas áreas do conhecimento a respeito do Transtorno do Espectro Autista (TEA). Nesta quinta-feira (12), o evento inicia com a palestra da psicóloga Gabriela Felix, “Quando se conhece as peças se encaixam”, às 9h. A partir das 10h30min, a advogada Carla Gonçalves, membro da Comissão das pessoas com deficiência da Ordem dos Advogados do Brasil de Santa Catarina (OAB/SC), aborda os “Direitos da pessoa portadora de TEA”. À tarde, às 13h30min, a Neuropsicóloga Michele May da Silva, fala sobre o tema “Avaliação neuropsicológica e escalas no TEA”, e, às 15h, da neuropediatra Maria Rosa Mercado enfoca o “Diagnóstico em TEA: aspectos clínicos e comportamentais”. Já na sexta-feira (13), as palestras contam com a psicóloga Patrícia Braz que falará da “Atualização em critérios diagnósticos do TEA segundo a OMS”, a partir das 9h. Às 10h30min, a nutricionista Maria Rosa Etcheverry vai abordar “A importância da avaliação e intervenção nutricional no tratamento multidisciplinar do TEA”. Após intervalo, às 13h30min, a psicóloga Juliana Barbato apresenta a “Intervenção psicológica em TEA”. E, para finalizar as palestras, às 15h, a fonoaudióloga Simone Marchett aborda a “Intervenção fonoaudiológica em TEA”. No sábado (14) o evento ocorre no Continente Shopping, a partir das 9h, com a apresentação do espetáculo "Pescadores de Sonhos", com os integrantes da ONG Autonomia. O evento é aberto à comunidade. De acordo com Patricia Winck, arteterapeuta do grupo, o acolhimento, apoio e troca de experiências para as famílias é o diferencial. “Expondo o que é o grupo e como ele está crescendo, torna as pessoas mais empáticas, se colocando no lugar do outro e vendo que a aceitação é necessária, isso faz com que haja uma mudança de atitude e pensamento, para que ocorra a verdadeira inclusão”, assinala.