Centro Empresarial de Jaraguá do Sul inicia sabatina com Jair Pedri

Cotidiano

Por: OCP News Jaraguá do Sul

terça-feira, 09:17 - 20/09/2016

OCP News Jaraguá do Sul
Saúde, vagas em creche, mobilidade urbana e agilidade no setor público estão entre as áreas prioritárias apontadas pelo candidato a prefeito de Jaraguá do Sul, Jair Pedri (PSD), para o setor empresarial do município. Participando de sabatina do Centro Empresarial de Jaraguá do Sul (Cejas), ontem, o candidato respondeu durante uma hora e meia à perguntas elaboradas pela entidade, juntamente com a candidata a vice-prefeita Márcia Alberton (PSDB). A respeito das principais propostas para o setor, o candidato elencou quatro áreas. “Penso que vamos falar de saúde, das tantas mil pessoas esperando e por conta disso ficam de atestado, e não podem ir para o trabalho. Imagino que vamos falar de vaga em creche, tantas mães querendo trabalhar e não têm onde deixar o filho e por isso não consegue preencher a vaga de mercado. Vamos falar de mobilidade urbana, de agilizar o setor da Prefeitura, que é tão difícil para você conseguir as certidões, os documentos, as negativas”, disse Pedri. Com mediação do ex-presidente da Acijs, Gilmar Moretti, a sabatina teve início por volta das 18h20, após uma apresentação do histórico dos dois candidatos da chapa. No primeiro bloco, foram concedidos 10 minutos para que Pedri respondesse por que motivo quer ser prefeito. “Não quero ser prefeito por vaidade, nem para encerrar carreira, nem para ser comparado a outro prefeito, de qualquer lugar do Brasil. Quero ser prefeito para criar nossa história”, declarou. Dando oportunidade para que Márcia respondesse à pergunta, a candidata destacou o início de sua trajetória, que se deu no ambiente do Centro Empresarial, tendo feito parte da fundação do Núcleo do Jovem Empreendedor da Acijs. “Esta casa me abriu muitas portas, e com certeza me colocou onde hoje estou”, declarou Márcia. Entre as 17 perguntas elaboradas a partir de sugestões do meio empresarial, cerca de 60% serão feitas a todos os candidatos, sendo o restante direcionado ao candidato da noite. Uma das questões procurou saber como deverá ser o relacionamento entre prefeito e vice, caso eleitos. “O que havia para ser resolvido entre a figura da Márcia e a figura do Jair já foi sanado no momento da coligação”, respondeu a candidata. Ela também disse ser uma pessoa acessível e compreensível, aberta ao diálogo, prática que ocorre também nas empresas e nas famílias, e que deverá ser mantida na gestão. ASSISTA A SABATINA AQUI  
×