O Centro de Tratamento no distrito de Rio Maina, em Criciúma, completa um mês de funcionamento nesta sexta-feira (14). O local está sendo utilizado para o isolamento de pacientes contaminados com a Covid-19, sintomáticos leves, que não tem condições de manter o isolamento social.

Durante o período de 30 dias, a estrutura, que conta com um amparo multiprofissional, recebeu 43 pacientes, sendo que 23 deles já tiveram alta e são considerados curados. "A avaliação que fizemos desse primeiro mês é muito positiva. São pessoas com histórias diferentes e que tiveram toda estrutura à disposição para essa recuperação", destaca o secretário de Saúde, Acélio Casagrande.

Do número total de pacientes encaminhados ao Centro de Tratamento no distrito de Rio Maina, 29 são de Instituições de Longa Permanência Para Idosos (ILPIs), seis de hospitais, quatro de residências e três de casa de passagem. "Tivemos dez idosos contaminados com o coronavírus, que foram encaminhados para esse isolamento e todos eles voltaram já recuperados. Foi importante esse momento na recuperação, pois eles foram muito bem tratados", frisa a enfermeira responsável por uma ILPI do município, Eliza Lopes.

Instalação do Centro de Reabilitação Cardiopulmonar

No início de agosto, o município anunciou que implantará um Centro de Reabilitação Cardiopulmonar na estrutura do Centro de Tratamento no Rio Maina. O espaço auxiliará na recuperação de pacientes curados da Covid-19.

A equipe que atuará no local contará com um médico do exercício e do esporte, fisioterapeuta, psicólogo, enfermeiro, educador físico e nutricionista. "É necessário pensar também no pós-pandemia e já estamos nos preparando para isso. É um projeto que auxiliará muitas pessoas nesse processo de recuperação", finaliza Casagrande.

Texto: Fabrício Júnior/DECOM

 

 

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul