Com investimentos em materiais de ponta, tecnologia e quadro de funcionários, o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), localizado na Próspera, passou para modalidade tipo 2 pelo Ministério da Saúde.

Com essa ampliação, a Secretaria Municipal de Saúde será contemplada com mais repasse de recurso, que será usado na compra de materiais e folha de pagamento. Além disso, o CEO também está com uma nova especialidade: prótese parcial removível. O espaço realiza, em média, 560 procedimentos por mês. Entre julho de 2020 e julho de 2021, foram 18 mil procedimentos no CEO.

Conforme o gerente da Saúde Bucal da Secretaria Municipal de Saúde, Cristian da Silva Serpa, o primeiro molde da prótese será realizado nesta quinta-feira (22). A prótese é usada para substituição de dentes, usando como o apoio os dentes hígidos dos pacientes. “O aumento desse recurso veio por meio do esforço do município, como os investimentos em tecnologia e equipamentos de ponta e aumento do quadro de funcionários. Pois o recurso é repassado por quantidade de produção, com essas melhorias ampliamos nossa produção”, ressaltou o gerente.

O gerente ainda ressalta que CEO com modalidade tipo 2 são poucos no Estado. O espaço atende pacientes de Criciúma, sendo de Nova Veneza, Treviso e Siderópolis para procedimentos básicos.

Outras especialidades

Outros dois procedimentos novos são ortodontia preventiva para crianças e a especialidade em disfunção temporomandibular e dor orofacial, funcionando desde 2019. A ortodontia é para prevenir complicações de oclusão (ato de fechar a boca). Já especialização em disfunção temporomandibular e dor orofacial serve para orientar e tratar dores ao abrir e fechar a boca, no ato da mastigação, estalos na mandíbula e dores de cabeça frequentes.

Além dos novos tratamentos, o Centro de Especialidades Odontológicas também oferta tratamento de canal (endodontia), tratamento gengival (periodontia), cirurgias odontológicas de média complexidade, odontopediatria, atendimento de pessoas com deficiência e prótese dentária

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp