Desde o dia 18 de março, a Celesc realiza nova aferição nos medidores de energia elétrica de 72 consumidores de Blumenau, que registraram reclamações no Procon contra a cobrança de energia no início do ano. O número representa 33% das 218 reclamações registradas na região e apresentadas, no início de fevereiro, para o Ministério Público (MP) e a própria companhia elétrica.

De acordo com o responsável pelo Procon de Blumenau, André Moura Cunha, a nova aferição deve ser finalizada até o dia 5 de abril. Após esse período, o MP deverá receber um parecer para tomar as providências necessárias, inclusive divulgar as informações para os reclamantes.

“O inquérito instaurado pelo Procon de Blumenau, em comunhão com outros Procons do estado, foi justamente para verificar e colher provas sobre possíveis equívocos na cobrança da energia elétrica. Estamos buscando elementos que possam confirmar se realmente houve cobranças indevidas aos consumidores”, afirma Cunha.

Os consumidores da cidade que se sentirem lesados por algum prestador de serviço devem sempre procurar o Procon. As informações sobre o órgão estão disponíveis aqui.

*Com informações da assessoria de imprensa

Quer receber as notícias no WhatsApp?