A Celesc inaugurou nesta terça-feira (28) a subestação (SE) de energia Barra Velha Sertãozinho, na região do Vale do Itaperiú, no litoral norte catarinense. O empreendimento vai atender cerca de 40 mil unidades consumidoras, direta e indiretamente, na região de Barra Velha, São João do Itaperiú, Penha e Balneário Piçarras.

“Essa é uma das 20 subestações que estão sendo realizadas desde 2019 e a oitava energizada. Todas estão preparadas para garantir a qualidade da energia pelos próximos dez anos, de forma a dar oportunidade ao desenvolvimento das cidades, comércio e empresas, e a levar melhores condições de vida para as pessoas", contou o presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins.

O investimento total da Celesc, com a aquisição do terreno e as construções da linha de distribuição e da subestação, foi de aproximadamente R$ 18 milhões. Outro R$ 1,4 milhão foi aplicado nos dois alimentadores que entrarão em operação com a energização da subestação.

A inauguração foi muito esperada pelos moradores, segundo o gerente regional Pedro Paulo Molleri. “Essa subestação vem para melhorar muito a qualidade da energia e nosso tempo de resposta para as quedas de luz na região, além de possibilitar a energia necessária para o desenvolvimento das cidades, indústrias e melhora da qualidade de vida aos moradores”, afirmou.

Em Barra Velha, serão atendidas pela nova SE consumidores dos bairros Sertãozinho, São Cristóvão, Vila Nova, Escalvado, Quinta dos Açorianos e Centro. Um terceiro alimentador, exclusivo para o município de São João do Itaperiú, deverá ser entregue em 2023, beneficiando 1.851 unidades consumidoras.

“É um momento histórico para Barra Velha, pois este é um pleito muito antigo da nossa comunidade e a Celesc sempre se mostrou parceira para a realização desse objetivo. O próprio bairro em que estamos já é exemplo de desenvolvimento desde que essa subestação foi instalada e, certamente, isso será refletido em mais oportunidades para quem vive e trabalha em Barra Velha, São João do Itaperiú e região”, comemorou o prefeito de Barra Velha, Douglas Elias da Costa.

A SE Barra Velha Sertãozinho deverá operar, inicialmente, com um transformador de potência de 26,6 MVA, com possibilidade de ampliação da capacidade para 2 x 40 MVA, totalizando 80 MVA. O suprimento na alta-tensão será de 138 mil volts.