A Roda Gigante instalada em um dos bolsões de estacionamento na Avenida Beira Mar Norte, em Florianópolis, teve a sua energia cortada pela Celesc no final da manhã desta terça-feira (11) após denúncia de que estaria com ligação irregular, popularmente conhecida como “gato”.

Autor da denúncia, o vereador Afrânio Bopré (PSOL) usou a tribuna da Câmara Municipal de Florianópolis e protocolou a reclamação na Ouvidoria da Celesc. Após inspeção da estatal ficou comprovada a irregularidade e foi feito o corte da luz.

A Roda Gigante está instalada na região central Capital através de parceria da Prefeitura de Florianópolis e da empresa Parque de Diversões Rei do Park. “O rei do park também era o rei do gato”, disparou Afrânio. “Fiz a denúncia após constatar pessoalmente a ligação direta na rede pública”, completou o vereador.

Para secretáro, houve erro

O Secretário de Esportes, Cultura e Juventude de Florianópolis, Ed Pereira, admitiu o erro administrativo.

“A empresa responsável fez o pedido no Pró-Cidadão que encaminhou para a SQE Luz, responsável pela manutenção da iluminação pública da cidade. O pedido deveria ter sido feito direto na Celesc. Achávamos que a empresa trabalharia com gerador próprio”, disse Ed.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul