Os cristãos demonstraram fé e amor por Jesus pelas ruas de Jaraguá do Sul na manhã desta quinta-feira (20) em comemoração ao Corpus Christi. A data, celebrada pelos católicos celebra a Eucaristia, que representa a morte e ressurreição de Cristo.

Neste ano, os tradicionais tapetes coloridos feitos de pó de café, flores, serragem e outros materiais voltaram a ser uma das atrações principais do evento. Em 2018, a confecção dos tapetes foi suspensa pelas paróquias do município em virtude da greve dos caminhoneiros.

A analista contábil Fabiane Pavanello Ciqueira, comemorou o retorno dos tapetes. Acordada desde às quatro horas da manhã, ela se juntou com o grupo de sua igreja para iniciar os trabalhos de decoração.

"Este evento tem um significado muito especial para os cristãos. Me sinto honrada em ver a união de todos em fazer com o maior carinho, para daqui a pouco, a presença de Jesus passar por cima", se emociona.

Fabiane acordou cedo para ajudar nas confecções dos tradicionais tapetes coloridos | Foto Eduardo Montecino/OCPNews

Mesmo com os rostinhos cansados, as crianças também acordaram cedo para ajudar em cada detalhe dos materiais que estavam sendo colocados nos tapetes. Fez frio nas primeiras horas da manhã e a melhor maneira de espantar o sono era tomando uma boa xícara de café.

Há cinco anos, Nilson Meinscein sempre acorda cedinho para participar de todas as confecções realizadas durante o Corpus Christi, porém, este ano foi diferente. “Confesso que hoje acordei mais tarde e cheguei aqui às seis horas da manhã”, brinca.

Para ele, ele é muito gratificante ver o esforço da comunidade em deixar as principais ruas da cidade enfeitadas neste dia. Um trabalho que as paróquias planejam desde o início do ano para celebrar a data católica.

"Quem chega cedo, vai montando os painéis que têm um significado muito importante”, se orgulha. “Neste dia, estamos mais próximos de Jesus e não podemos deixar morrer esta tradição”, reflete Nilson.

Jovens também ajudaram nos enfeites para a procissã. | Foto Eduardo Montecino/OCPNews

Se depender de Anibal e Zita Francencer, a celebração de Corpus Christi vai sempre fazer parte da rotina do casal. Os dois trouxeram toda a família para ouvir a benção do pároco Hélio Feuser. "Este é um momento que nos reunimos em busca de um mesmo objetivo para ajudar, compartilhar a fé e perdoar", salienta Zita.

Palavras de fé

Com todos os tapetes concluídos, muitos fiéis retornaram para suas casas e retornaram por volta das 9h da manhã, horário previsto para a missa iniciar na Paróquia São Sebastião, no Centro.

Enquanto aguardava o início da solenidade, o padre Hélio Feuser se preparava na sacristia para receber os fiéis. Feuser aproveitou o momento para refletir sobre o significado da data.

"Para a igreja, é muito mais que uma tradição, é o símbolo da fé. O ato de fazer a caminhada tem um sentido único aos cristãos", explica. "É algo para pensar sobre onde queremos ir e para onde estamos indo", reflete o religioso.

Padre Hélio Feuser emocionou os fiéis com sua mensagem | Foto Eduardo Montecino/OCPNews

Sem delongas, o padre iniciou a missa no horário previsto e emocionou o público com uma mensagem de amor e união. Durante a cerimônia, alguns fiéis se ajoelhavam durante a solenidade em posição de humildade e entrega ao divino.

Após o término da missa, os fiéis percorreram as ruas próximas à igreja Matriz. Em coro, fiéis ecoavam coros de fé e realizavam orações a cada parada.

Para ajudar na segurança, a Polícia Militar esteve presente durante a procissão orientando os motoristas. Segundo a PM, não foi possível calcular o número de pessoas presentes no evento.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?