A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Assistência Social e Comcap, entregou 142 cestas básicas a catadores e triadores de recicláveis secos. De acordo com a gerente do Departamento de Planejamento, Gestão e Projetos da Comcap, Rita de Cássia Rodrigues, a ação decorreu da necessidade de ajudar os parceiros que, de uma hora para outra, por conta da pandemia da Covid-19, ficaram sem renda.

Os galpões de triagem foram fechados temporariamente em 19 de março, por oferecer risco sanitário e porque a indústria da reciclagem interrompeu sua atividade. A Comcap foi, então, obrigada a suspender a coleta seletiva e, com isso, as associações deixaram de receber os recicláveis.

 

Dações podem ser feitas na Grande Florianópolis | Foto PMF/Divulgação

 

 

“No mesmo momento, preocupadas com a subsistência das famílias dos catadores e triadores parceiros das Comcap, iniciamos uma campanha para garantir cestas básicas”, conta Rita, sendo que, felizmente, seis dias depois as cestas começaram a ser entregues. “Essa foi uma ação emergencial, antes que houvesse suporte de renda do governo federal, por exemplo”, explica a engenheira sanitarista.

Doações em Florianópolis

As doações foram feitas para 142 pessoas cadastradas em sete associações parceiras situadas em Florianópolis.

 

Florianópolis

  • ACMR
  • Aresp
  • Recicla Floripa
  • Amigos da Natureza
  • Sul Recicla
  • Elorecicla
  • Abecan

Doações na Grande Florianópolis

A Comcap e o Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR), com o apoio financeiro do Instituto Comunitário Grande Florianópolis (Icom), realizaram a doação de cestas básicas também para os catadores de São José e Palhoça.

 

São José

  • ARM
  • Zeitz
  • Acareli
  • Kesseler
  • Plasani

 

Palhoça

  • Abaclin

 

Foto Studio OCP

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp