Ao fazer uma ultrassonografia para confirmar a gravidez, o casal Anieli Kurtel, 24 anos, e Luís Fernando Araújo, 33 anos, foi surpreendido com uma notícia inusitada: não era apenas um bebê, mas sim, cinco.

Os jovens, que já têm um filho de 6 anos, moram em Chopinzinho, oeste do Paraná. A gestação de quíntuplos deve ser a primeira bem-sucedida da história do estado.

Para garantir a saúde das crianças e de Anieli, o casal precisou ir à Curitiba para ter o devido acompanhamento médico até o nascimento dos bebês e posteriormente.

Apesar de estar apenas com seis meses de gestação, o tamanho do útero de Anieli já alcançou o de 40 semanas, ou seja, extremo final da gravidez.

Os paranaenses garantem que já têm os nomes definidos para os três meninos e duas meninas.

"Meu objetivo é chegar pelo menos até 28 semanas. Depois disso, vou manter o quanto conseguir, pois cada dia na minha barriga são três dias a menos de UTI”, disse a mãe em entrevista ao jornal Tribuna, do Paraná.

Ajuda necessária

Anieli e Luís estão hospedados numa pousada, quase em frente ao Hospital Nossa Senhora do Rocio, em Campo Largo. A diária de R$ 60 está sendo custeada pela prefeitura local.

Comovidos e emocionados com a história dos quíntuplos, os moradores de Chopinzinho e cidades próximas começaram a fazer uma campanha para ajudar o casal, que terá muitos gastos para manter os novos integrantes da família.

De acordo com os pais, serão necessárias aproximadamente 1.300 fraldas por mês. Sem contar lenços umedecidos, pomadas, produtos de higiene, leite, roupas, móveis e outros itens necessários.

As contas da casa também deverão aumentar, como água, luz e gás. O casal não sabe exatamente quanto tudo irá custar, mas fizeram uma vaquinha online para arrecadar R$ 40 mil. O valor deve ser suficiente por um tempo.

Quem quiser ajudar, pode acessar o site Vakinha e contribuir.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger