Nesta segunda-feira (6), foi inaugurada a Casa de Passagem Vó Joaquina, em Joinville.

Localizada na rua Erivelton Martins, 669, no bairro Ulysses Guimarães, a Casa disponibilizará 15 vagas para atendimento a pessoas em situação de rua.

Pelo acolhimento, a prefeitura fará o repasse de R$ 22.500,00 mensais. O prazo de vigência do convênio é de um ano, podendo ser renovado pelo mesmo período.

O modelo de pagamento mensal, de acordo com o diretor executivo da Secretaria de Assistência Social (SAS), Fábio Luiz de Oliveira, dá sustentabilidade para a entidade, que tem de manter equipe de apoio, incluindo assistente social, psicólogo, além de monitores 24 horas, e fornecer as refeições.

A dona do imóvel, Mãe Jacila, estava emocionada com a solenidade de abertura.

“São 32 anos esperando isso acontecer pela nossa entidade. Esta é uma comunidade muito necessitada, mas temos seguido em frente porque há muito a ser feito”, comentou.

A Casa de Passagem Vó Joaquina atenderá adultos e famílias que estão em situação de rua, desabrigo por abandono, migração, em trânsito, sem condição de autossustento.

Para o prefeito Udo Döhler, o momento é especial para Joinville.

“A cidade não existe para prédios altos e ruas largas. A cidade só faz sentido para promover bem-estar das pessoas”, destacou.

Os selecionados serão encaminhados de acordo com os perfis e critérios sociais, sendo definido um período de permanência, com prazo máximo de três meses.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger