O Abrigo Institucional Provisório no bairro Chico de Paulo, que acolhe pessoas em situação de vulnerabilidade e desabrigadas, vai passar a se chamar 'Casa de Passagem Anibal Francener' graças ao projeto de lei das vereadoras Sirley Schappo (Novo) e Nina Santin Camello (Progressistas), aprovado nesta quinta-feira (12) na Câmara Municipal de Jaraguá do Sul.

O local, que fica na Rua dos Escoteiros, é mantido pela prefeitura jaraguaense, através da Secretaria de Assistência Social e Habitação, e utilizado temporariamente por pessoas adultas que estão em situação de rua, desabrigadas e que sofrem por conta de várias questões como, por exemplo, pobreza, abandono da família, alcoolismo e envolvimento com drogas.

As parlamentares explicam que o nome de Anibal Francener foi escolhido por conta do seu histórico de trabalho voluntário, acolhendo e ajudando pessoas com o mesmo perfil das que costumam passar pelo Abrigo.

Foto: Divulgação/Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul.

Ele trabalhou como metalúrgico durante 43 anos, foi casado com Zita Piccinini e teve quatro filhos. Fez parte da Pastoral da Sobriedade ajudando pessoas com alcoolismo e com vícios em drogas. Também foi presidente da Comunidade Terapêutica Associação Beneficente Novo Amanhã, sendo assíduo em todos os encontros voltados à sobriedade na instituição.

Anibal era figura recorrente em campanhas sociais como distribuição de material escolar, arrecadação de recursos para entidades filantrópicas e costumava ser muito prestativo no auxílio dos mais necessitados.

“Seu Anibal tinha um olhar para essas pessoas que, muitas vezes, são vistas pela sociedade como lixo humano, taxados de drogados, viciados, sem tetos, alcoólatras. Ele representa o indivíduo como agente de mudança, o cidadão que não espera que tudo seja feito pelo Poder Público. Ele era uma pessoa que arregaçava as mangas e ia lá fazer a sua parte”, destacou Sirley Schappo.

A família de seu Anibal – incluindo a sua viúva Zita Piccinini – também esteve presente na sessão desta quinta-feira (12) no plenário da Câmara Municipal assistindo à aprovação do projeto e recebeu uma homenagem, em forma de flores, das mãos das vereadoras autoras da matéria. Outro que se fez presente foi o chefe da Casa de Passagem, Miguel Franzner.

Foto: Divulgação/Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul.

Anibal Francener faleceu em 22 de dezembro de 2019, vítima de um câncer. O projeto de lei que o homenageia foi aprovado por unanimidade dos vereadores, em segunda votação, e enviado ao prefeito Antídio Lunelli para ser sancionado.

*Com informações de assessoria de imprensa.