O cão Shurastey, que morreu em um acidente de trânsito na segunda-feira (22) junto com catarinense Jesse Koz, será cremado em Oregon, onde houve o acidente. As cinzas do animal serão enviadas para Balneário Camboriú junto com o corpo do influenciador. A dupla viajava pelos Estados Unidos com um Fusca 1978 e tinha o objetivo de chegar no Alasca.

Os procedimentos de cremação e translado do corpo do influenciador serão pagos com os recursos de uma de vaquinha online, que bateu a meta de R$ 120 mil em poucas horas. De acordo com o brasileiro e amigo, Felipe Pires, ainda não há previsão de quando será o embarque.

O processo de cremação e documentações para o translado do corpo de Jesse estão sendo feitos por amigos do brasileiro nos Estados Unidos. A cremação é uma exigência da legislação internacional, para que o animal possa retornar ao Brasil ao lado do tutor.