A segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo começa na próxima segunda-feira (18) em todas as cidades catarinenses. Esta etapa é destinada para adultos jovens entre 20 e 29 anos, e segue até o dia 30 de novembro, um sábado, quando será realizado o dia "D" de vacinação, no qual as unidades de saúde estarão abertas.

Dados apontam que a faixa etária que mais tem contraído a doença no estado é justamente essa. Do total de casos confirmados neste ano (94), 41 pacientes tinham entre 20 e 29 anos. Por isso, os órgãos de saúde recomendam que os cidadãos providenciem a aplicação de duas doses da vacina ao longo da vida. Nesta fase, espera-se que cerca de 420 mil pessoas sejam imunizadas em Santa Catarina.

Pessoas das demais faixas etárias também podem procurar as unidades de saúde para receber a vacina. Veja a seguir quem precisa tomar:

  • bebês entre seis e 11 meses: dose zero;
  • crianças com um ano: dose um;
  • crianças com um ano e três meses: dose dois.

Aqueles que não sabem se já estão imunizados, precisam atualizar a situação vacinal de acordo com a faixa etária:

  • de 20 a 29 anos: duas doses;
  • de 29 a 39 anos: uma dose.

O que é o sarampo?

É uma doença viral, extremamente contagiosa. O vírus se espalha facilmente pelo ar por meio da respiração, tosse ou espirros e pode ficar até duas horas no ambiente. Uma pessoa com sarampo pode transmitir a doença para uma média de 12 a 18 pessoas que nunca foram expostas ao vírus anteriormente ou que não tenham se vacinado.

Quais são os sintomas?

Febre, tosse, coriza, aparecimento de manchas vermelhas no corpo e olhos avermelhados. O sarampo pode causar complicações e, em casos mais graves, deixar sequelas ou levar à morte.

Como prevenir?

A única forma de se prevenir é por meio da vacina.

Quer receber as notícias no WhatsApp?