Por Dyovana Koiwaski | Foto Eduardo Montecino A tarde de sábado (3) será diferente para as 80 famílias do Condomínio Silvana Cleide Martins, localizado no bairro Rio da Luz. O pátio do residencial se transformará em uma loja de roupas, calçados e cobertores para mais uma edição do Cabide Solidário, promovido pelo Sesc. A ação leva à comunidade gratuitamente peças arrecadadas pela instituição na Campanha do Agasalho, que acontece até o dia 30 de junho. As cerca de 340 pessoas que moram no residencial são assistidas por programas sociais da Prefeitura de Jaraguá do Sul e há um ano participam de atividades organizadas pelo Sesc Cidadania. “É uma comunidade vulnerável, afastada da região central do município e que tem muitos idosos. Com o Cabide Solidário, buscamos formar um ambiente mais acolhedor, deixando que os próprios moradores escolham as peças que gostaram mais”, ressalta a coordenadora de desenvolvimento comunitário do Sesc, Juliana Arruda.
IMG_3751-2
Iniciativa do Sesc vai levar roupas arrecadadas pela instituição para moradores de condomínio popular | Foto Eduardo Montecino
As roupas expostas estarão separadas por tamanhos e modelos masculinos, femininos e infantis. A quantidade de peças por pessoa será limitada, para garantir que todos os interessados possam ter acesso. A diretora da unidade do Sesc em Jaraguá, Sandra da Silva, enfatiza que a presença da instituição na comunidade funcionada como uma ponte entre as pessoas que praticam os atos solidários e quem precisa desse apoio. Atividades de saúde e recreação também serão oferecidas, das 14h às 16h30, por equipes da instituição. Pelo Sesc Cidadania também são promovidas palestras, oficinas de dança, música e reaproveitamento de materiais. O Cabide Solidário acontece em outras 25 cidades de Santa Catarina. Campanha já arrecadou mais de uma tonelada de peças Realizada desde o dia 2 de maio, a Campanha do Agasalho promovida pelo Sesc arrecadou mais de uma tonelada de roupas, sapatos e cobertores para doação em um mês de mobilização. A ação acontece até o dia 30 de junho. Algumas peças foram destinadas para famílias cadastradas nos programas sociais das igrejas e Cras (Centro de Referência da Assistência Social) do município. As doações podem ser feitas nos seguintes pontos de coleta: Sesc, Balaroti, Cargo Brasil, Issem e Adapcon Sistemas. Segundo a coordenadora de desenvolvimento comunitário do Sesc, Juliana Arruda, será organizada uma oficina de customização de roupas antes da doação. “Assim, elas ganharão um visual novo e mais exclusivo”, aponta Juliana. A oficina ainda não tem data para ser realizada e deve contar com o apoio dos alunos da Apae de Jaraguá e Guaramirim.