Brusque é a quinta cidade mais segura do Brasil, entre os municípios com mais de 100 mil habitantes. Está atrás apenas de Jaú, Indaiatuba e Valinhos, as três no estado de São Paulo, e Jaraguá do Sul (SC).

O levantamento está no Atlas da Violência 2019 - Retratos dos Municípios Brasileiros, realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. É o estudo mais recente discriminado por municípios.

Os dados analisados são de 2017, referente aos 310 municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes.

Segundo o levantamento, Brusque registrou uma taxa de 5,8 homicídios a cada 100 mil habitantes. No mesmo ano, Florianópolis registrou taxa de 30 e Joinville 22,4.

O município do Vale do Itajaí fica pouco atrás de Jaraguá do Sul, que registrou taxa de 5,5 homicídios a cada 100 mil habitantes naquele ano.

Confira a lista das 25 cidades mais seguras do Brasil e suas taxas de homicídios por 100 mil habitantes.

1. Jaú (SP) 2,7
2. Indaiatuba (SP) 3,5
3. Valinhos (SP) 4,7
4. Jaraguá do Sul (SC) 5,5
5. Brusque (SC) 5,8
6. Jundiaí (SP) 6,1
7. Passos (MG) 7,2
8. Limeira (SP) 7,7
9. Americana (SP) 7,7
10. Bragança Paulista (SP) 7,7
11. Santos (SP) 7,8
12. Araxá (MG) 7,9
13. Araraquara (SP) 7,9
14. São Caetano (SP) 7,9
15. Tubarão (SC) 8,1
16. Varginha (MG) 8,3
17. Mogi das Cruzes (SP) 8,3
18. Itatiba (SP) 8,3
19. Catanduva (SP) 8,4
20. Sertãozinho (SP) 8,5
21. Santa Bárbara d'Oeste (SP) 8,5
22. Lages (SC) 8,8
23. Birigui (SP) 8,9
24. Franca (SP) 9,1
25. Barbacena (MG) 9,9