O soldado João Ricardo Ferreira da Costa e o sargento Mateus Humberto Maciel Batista, do Corpo de Bombeiros de Araranguá, receberam, na sessão desta segunda-feira, na Câmara de Vereadores, uma moção de autoria do vereador Luciano Pires (Podemos) por ato de bravura.

Eles combaterem um incêndio em um apartamento, salvando um casal de idosos, no final da tarde do dia 29 de dezembro de 2020, em Balneário Morro dos Conventos.

Conforme o vereador Luciano, o salvamento aconteceu graças à capacitação profissional, dedicação e destemor.

“Os bombeiros militares que estavam no Posto Central de Guarda-Vidas agiram rapidamente e evacuaram o prédio, combatendo as chamas enquanto não chegavam os recursos necessários para findar o incêndio e evitaram, assim, que uma tragédia acontecesse”.

Para Luciano, este foi um grande ato de bravura.

“Eles demonstraram coragem, solidariedade humana e principalmente honraram seus compromissos em salvar vidas. Por este motivo, propomos esta homenagem”, defendeu.

Relembre

No final da tarde daquela terça-feira, dia 29/12/2020, um incêndio em um apartamento, localizado na beira-mar de Balneário Morro dos Conventos, em Araranguá, mobilizou o Corpo de Bombeiros.

A ocorrência só não se transformou em tragédia, porque dois bombeiros militares, que estavam no Posto Central de Guarda-vidas, agiram rápido evacuando o prédio, iniciando o combate às chamas com uso de extintor e água da reserva técnica do edifício, até a chegada de dois caminhões tanque.

Foram necessários aproximadamente mil litros de água para combate e rescaldo.

O fogo iniciou no quarto de um dos apartamentos do segundo andar. Populares chamaram socorro no Posto Central, próximo do edifício e, sem hesitar, o sargento Mateus e o soldado João Ricardo, do Corpo de Bombeiros Militar de Araranguá, correram e evitaram o pior.

A ambulância do Samu também foi chamada para atender os bombeiros, que inalaram muita fumaça durante o primeiro combate, evitando que as chamas se alastrassem, atingindo outros apartamentos. Eles foram encaminhados ao Hospital Regional de Araranguá para atendimento médico e posteriormente foram liberados.

Acompanharam a sessão: o sargento Michel, o soldado Prudêncio e bombeiro comunitário Josué.