Bombeiros encontraram, na tarde desta sexta-feira (4), um corpo sob os escombros do edifício Wilton Paes de Almeida, que desabou na madrugada de terça-feira (1), após um incêndio no Largo do Paissandu, Centro de São Paulo. A perna da vítima foi encontrada próximo ao local onde Ricardo Pinheiro – que estava sendo resgatado no momento do desabamento – poderia estar. Os bombeiros ainda não conseguiram identificar a vítima porque o restante do corpo ainda está soterrado. Oficialmente, até o momento, os bombeiros trabalham com o número de seis vítimas desaparecidas: Ricardo Pinheiro, Selma Almeida da Silva, Welder e Wendel – os dois têm nove anos e são filhos de Selma –, Eva Barbosa de Lima e Walmir Sousa Santos Segundo o major Max Mena, que trabalha nas buscas, o cadáver foi localizado por cães farejadores na quinta-feira e, após 22 horas de buscas, o corpo foi encontrado. Embora sem confirmar que a vítima encontrada soterrada seja Ricardo, indícios apontam para ele. A blusa azul – semelhante a que Ricardo usava no dia do incêndio – e as tatuagens semelhantes às que ele tinha são fortes indícios. *Com informações de Agência