O balanço da campanha lançada pelos Bombeiros Voluntários de Guaramirim, com apoio do OCP, para ajudar Celifette Elucien, 39 anos, a trazer os filhos do Haiti para o Brasil foi um sucesso. Após 12 dias de mobilização, mais de R$ 6 mil foram arrecadados para que o bombeiro reveja seus dois filhos, de quatro e 14 anos de idade. E a data da viagem já está marcada: os meninos chegam dia 9 de janeiro. Celiffete ficou contente com o resultado. “Estou muito feliz, agradeço a cada um que me ajudou, não tenho palavras para agradecer e expressar a felicidade de ter novamente meus filhos próximos de mim”, afirmou emocionado. Roberto Carlos, o bombeiro idealizador da campanha, compartilha o sentimento: “Esperava conseguir, mas não tão rápido, estamos emocionados”, disse. O haitiano veio para o país em setembro de 2013, após o grande terremoto que devastou o país. O objetivo do contabilista formado e professor de espanhol era conseguir dinheiro para auxiliar a família que permanecia por lá. Falando também português, inglês, francês e crioulo, assim que chegou à região começou a correr atrás de trabalho, mas não conseguiu oportunidade na área em que atuava. Com ajuda dos colegas bombeiros, ele lançou no dia 10 de outubro a campanha para angariar fundos para trazer seus filhos do Haiti, que foi novamente devastado pela passagem do furacão Matthew no início deste mês. Segundo informações da responsável pelo setor administrativo dos bombeiros, e que também coordenou a entrada de doações, Marilis Ana Copini, o resultado foi animador. “Graças a divulgação do OCP conseguimos atingir pessoas de várias cidades e Estados do Brasil. Muita gente ajudou e muita gente ainda quer ajudar. Nosso objetivo era chegar nos R$ 5.5 mil, mas ultrapassamos e até esta sexta-feira (21) já estamos com R$ 6.703,11”, relatou Marilis. O valor já foi empenhado. As passagens do Haiti até Curitiba custaram R$ 4.794,11, a autorização para viajar com a tia maior de idade, que vem como responsável por eles, custou R$ 758, já os documentos emitidos na chegada ao Brasil pela Receita Federal custam R$ 624. O saldo restante, de R$ 527, será utilizado para as despesas de viagem de Curitiba até Guaramirim.