A Secretaria de Saúde de Blumenau confirmou a segunda morte ocasionada pelo vírus influenza na cidade em 2019. O homem, de 69 anos, que estava internado no Hospital Santo Antônio, faleceu neste fim de semana. Ele não havia se vacinado neste ano e tinha histórico de doença crônica.

O outro caso no município foi de uma mulher, de 79 anos, que era portadora de diabetes mellitus e doença neurológica crônica. De acordo com informações da Prefeitura, já foram confirmados 11 casos de gripe A, a maioria de H1N1, em Blumenau.

Vacinação liberada para todos

A partir desta segunda-feira (3), a vacinação contra a gripe na rede pública foi liberada para toda a população, e não mais apenas para os grupos prioritários. Blumenau dispõe ainda de cerca de 10 mil doses em estoque, além daquelas que já foram distribuídas às unidades.

Quem quiser se vacinar, deve se dirigir a um dos sete ambulatórios gerais ou a uma unidade de Estratégia Saúde da Família (ESF) que tenha sala de vacinação.

Durante a campanha nacional, 83.251 doses da vacina contra o vírus influenza foram aplicadas em Blumenau, o que corresponde a 75% das 111.031 pessoas priorizadas pelo Ministério da Saúde.

Gaspar supera a meta

Ao contrário da grande maioria dos municípios brasileiros, a cidade de Gaspar ultrapassou a meta estipulada pelo Ministério da Saúde. Ao longo da campanha nacional, 91,32% das pessoas que integram os grupos de risco providenciaram a vacinação.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, não há mais doses da vacina disponíveis para a população, restando apenas aquelas necessárias para o reforço da imunização em crianças de seis meses a menores de seis anos.

Quer receber as notícias no WhatsApp?