Após atingir o pico de infecções por coronavírus em julho, Blumenau vem registrando gradual desaceleração na curva de contágio da doença. Segundo a Secretaria Municipal de Promoção da Saúde, a cidade atingiu nesta semana a menor taxa de transmissão da Covid-19 desde o surgimento dos primeiros casos, em março: 1,05. Isso significa que cada 100 infectados passam o vírus para outros 105.

Este indicador é utilizado para aferir o ritmo de evolução da pandemia no município e indica quantas pessoas podem ser contaminadas por cada indivíduo doente. Na última semana de julho, considerada a mais crítica até o momento, a taxa alcançou 1,66.

Para o secretário de Promoção da Saúde, Winnetou Krambeck, os números mostram que a grande maioria dos blumenauenses entendeu a importância das restrições.

 

“A diminuição da taxa de transmissão se deve a vários fatores como as medidas restritivas impostas pela Prefeitura, a instalação dos Fast Tracks descentralizando os atendimentos nos Ambulatórios Gerais, a consciência de grande parte da população e o aumento da testagem dos pacientes”, salienta.

 

Em Santa Catarina, dados do Coronacidades, do Instituto de Estudos de Políticas de Saúde (IEPS), estimam que o índice mais alto foi de 3, registrado em março, ou seja, uma pessoa com o vírus era capaz de infectar até outras três. De acordo com a atualização do início de setembro, a taxa de transmissão está em 1,39 no estado.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul