Foto Lorran Hagedorn/Instagram
Foto Lorran Hagedorn/Instagram

Passamos boa parte de nossas vidas trabalhando, estudando, correndo atrás dos tão almejados sonhos e enfrentando as mais variadas situações que a vida nos traz. No final, a verdade é que, seja qual for o tamanho do desafio, da felicidade ou da tristeza, tudo nos ensina e nos transforma.

Neste 2 de setembro de 2020, Blumenau celebra 170 anos de conquistas, desafios e muitas batalhas enfrentadas por um povo aguerrido e trabalhador. Por trás de cada pessoa, seja ela criança, adulta ou idosa, existem diversas histórias de superação, a grande maioria delas nunca contadas.

Foto Christian Grosch/Instagram

Há 37 anos, os blumenauenses enfrentaram uma das piores catástrofes da história da cidade. Naquele 5 de julho de 1983, depois de seguidos dias de chuvas fortes na região, o nível do rio Itajaí-Açu chegou a 15 metros. Casas foram arrastadas, 50 mil pessoas ficaram desabrigadas e oito morreram. Sem energia ou água potável, o cenário era desolador.

Em 1984, novamente uma enchente atingiu o município, causando mais prejuízos à população. Mas, em meio à angústia, os blumenauenses jamais se deram por vencidos. Foi num desses momentos de tristeza que surgiu o evento que tanto nos orgulha e atrai a atenção de milhares de brasileiros e estrangeiros: a Oktoberfest.

Após mais de duas décadas, Blumenau viveu outro pesadelo, que deixou cicatrizes naqueles que testemunharam morros e encostas vindo abaixo. Entre 20 e 24 de novembro de 2008, mais de 3 mil deslizamentos enterraram os sonhos, porém eternizaram a história das 24 vítimas fatais da tragédia. Na dor e na consternação, a cidade se tornou referência nacional em monitoramento de eventos extremos e prevenção de desastres.

Foto Gilson Nunes/Instagram

Atualmente, nos vemos em mais uma batalha, desta vez contra um adversário invisível e traiçoeiro, que tem assustado pessoas em todos os cantos do planeta. Em uma luta travada desde o mês de março, 130 moradores do município sucumbiram ao coronavírus, doença ainda pouco conhecida pela comunidade científica.

Com a necessidade de nos adaptarmos a um "novo normal", vivemos tempos de dúvidas e incertezas sobre o nosso futuro. Mas, entre tantas tragédias, o que todas elas têm em comum?

Foto Gilson Nunes/Instagram

Essas situações mostram que o blumenauense tem em seu DNA a vocação para se reinventar, capacidade para crescer nas adversidades e persistência para defender o legado de seus antepassados.

Mesmo com tantas cicatrizes, e provavelmente com muitas batalhas por vencer, não podemos deixar de olhar para essa cidade tão bela com aquele sentimento de amor, de esperança e de que o sol sempre vai brilhar para todos.

Foto Dany Gomes/Instagram

Parabéns, Blumenau, por seus 170 anos de conquistas, superações e, principalmente, pelo seu povo guerreiro que está sempre pronto para lutar por você.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul