Um bando vermelho de Guarás deu colorido especial ao mangue do Itacorubi, na região central de Florianópolis. De acordo com biólogos e pesquisadores, não havia registro da presença da ave na Ilha de Santa Catarina desde 1763.

Esta semana, cerca de mil delas foram avistadas no local, numa prova, segundo os estudiosos, de que a preservação do manguezal é um fator decisivo para o retorno das aves ao ecossistema.

Além do mangue do Itacorubi, há registros da presença dos Guarás no pontal da Daniela, no Norte da Iha, perto da estação ecológica de Carijós.

Foto Sérgio Berkenbrock

De acordo com informações da Fundação do Meio Ambiente de Florianópolis (Floram), os Guarás, que estão em extinção, vivem em colônias e se alimentam nos manguezais quando a maré está baixa. O melhor horário para avistar o bando é no início e no final do dia.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger