A praia Balneário Piçarras, pertencente à fase piloto do Programa Bandeira Azul, irá apresentar candidatura para hastear a Bandeira Azul nesta temporada 2018/2019. A cidade tem dois anos para cumprir os critérios e apresentar a candidatura, porém, já está adiantada no processo. A documentação oficializando o pedido será entregue até o dia 25 deste mês.

O município precisa cumprir os 34 critérios internacionais do Bandeira Azul no mundo, que serviram de base para as recomendações do relatório do Instituto Ambientes em Rede - responsável pelo programa no Brasil.

“Pelo cenário que temos hoje e planejamento que está sendo feito temos condições de alcançar a certificação”, afirmou o presidente da Fundação do Meio Ambiente – Fundema, Marcos Zaleski.

Dos 34 critérios, conforme análise da última reunião do comitê gestor, Balneário Piçarras possui 24 cumpridos, sete em avaliação que não possuem nenhum obstáculo que venha a impossibilitar o cumprimento destes critérios e três em fase de planejamento. O comitê gestor possui trinta membros que se reúnem cotidianamente para discutir e planejar as ações de suporte ao programa.

“Temos uma enorme carga de atividades pela frente para atingir nossa meta, mas estamos convictos dos valores atribuídos no programa e certamente teremos um reflexo incrível na gestão ambiental da praia, no turismo, infraestrutura, qualidade dos equipamentos e no desenvolvimento do município” frisou Marcos.

Caso a Bandeira Azul seja hasteada nesta temporada de verão, se torna necessário a cada ano encaminhar documentação comprobatória, para confirmar que os critérios estão sendo seguidos. O trecho a ser certificado compreende da descida da Avenida Getúlio Vargas até a descida da Rua 2660, na orla norte.

Para a secretária de Turismo, Susan Correa, o maior ganho para a cidade se torna “o reconhecimento internacional da praia de Balneário Piçarras como um local de preservação ambiental e sustentável, principalmente a qualidade de sua água, gerando visibilidade para a cidade e atraindo visitantes e investidores a cidade”, comemora.

Workshop Nacional Bandeira Azul

Balneário Piçarras participou na quinta (17) e sexta-feira (18), do Workshop Nacional Bandeira Azul, que acontece no Guarujá, em São Paulo. O evento é obrigatório para todos os candidatos e faz parte do processo de certificação. No primeiro dia foram realizadas palestras e, no segundo dia, uma reunião geral com todos os candidatos para falar sobre a certificação.

“O evento fomenta a troca de experiências e aumenta o aprendizado sobre o programa. Por ser algo permanente, a ideia é de que a cada ano o programa evolua, melhorando as condições de qualidade da praia, gestão, educação ambiental e segurança da praia”, explicou Marcos, que está participando do Workshop.

“Conseguimos captar bastante informação de como é feito o gerenciamento em algumas praias já certificadas no Brasil. Agregou bastante em termos de informação para beneficiarmos a nossa comunidade e, principalmente, a praia de Balneário Piçarras”, finalizou o presidente da Fudema.

Programa Bandeira Azul

O Programa Bandeira Azul é uma certificação internacional que tem como objetivo elevar o grau de conscientização dos cidadãos para a necessidade de se proteger o ambiente marinho e costeiro e incentivar a realização de ações educativas.

O Programa é uma iniciativa da FEE (Foundation for Environmental Education) que conta hoje com apoio de diversas instituições internacionais. No total, de um universo de 4.385 praias certificadas no mundo, apenas cinco estão no Brasil.

“A nossa praia já é conhecida no estado como uma praia de águas limpas. A certificação vem reconhecer este atributo, criando ainda mais valor à nossa cidade e todos os produtos e serviços aqui oferecidos”, frisou o prefeito Leonel Martins, comemorando o dado de que das últimas 80 análises da água da FATMA, o local da certificação tem oferecido qualidade própria de água aos banhistas.

*Com informações da Prefeitura de Balneário Piçarras