O município de Balneário Arroio do Silva recebe nesta semana o Castrabus. O automóvel que realiza ação itinerante de castração estará na cidade no dia 26 de março (sexta-feira) e vai estacionar no Salão da Igreja. A prefeitura, por meio de licitação, contratou o serviço e deve realizar 183 castrações de animais de rua durante o ano. Neste primeiro mutirão a previsão é de que em torno de 60 animais sejam castrados.

O mutirão está sendo realizado pela prefeitura por meio do departamento de meio ambiente e com o apoio da Associação Bicho Feliz, que é parceira do município e trabalha voluntariamente em prol da causa animal. A associação, inclusive, está realizando o levantamento e o cadastro dos animais que serão castrados. Além dos animais de rua, algumas castrações sociais já cadastradas serão realizadas. “Agora vamos dar prioridade para os animais de rua que é um dos problemas no município”, registra a diretora de meio ambiente, Agda Felisberto.

Este é o primeiro mutirão realizado no ano. Outras ações já estão previstas para serem realizadas e serão organizadas.

Mutirão social está sendo organizado: tutores podem realizar cadastro do animal

Além das castrações dos animais de rua, que são prioridade, está prevista também a realização de mutirão social ao longo do ano. Ou seja, conforme a demanda e organização, poderão ser realizadas, também, castrações com um valor acessível em animais que possuam tutores.

Tutores que tenham interesse em castrar seu animal (cão ou gato), podem entrar em contato com o departamento de meio ambiente para realizar o cadastro. “Neste caso será cobrado apenas um valor social para pagamento dos medicamentos. A veterinária não vai cobrar o trabalho dela”, explica Agda. Para participar do mutirão social, os tutores precisam se cadastrar com antecedência. “A gente faz um termo de autorização para procedimento cirúrgico e um termo de adoção. Precisamos dos dados da pessoa, comprovante de residência e, se tiver bolsa família para apresentar que é de baixa renda, importante também apresentar”, explica a diretora de meio ambiente.

O departamento de meio ambiente ressalta que este primeiro mutirão é voltado aos animais de rua, mas os tutores que tiverem interesse em castrar seus animais já podem realizar o cadastro.

Em virtude da pandemia, todos os protocolos sanitários serão seguidos durante a ação. Inclusive, as castrações serão agendadas para evitar a aglomeração. Mais informações no departamento de meio ambiente por meio do telefone 3526- 0350.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp