Sintrasem decidiu manter a paralisação nos serviços mesmo após a determinação judicial, do desembargador Hélio do Valle Pereira, de retomar os atendimentos na saúde e educação, em Florianópolis. O levantamento dos serviços afetados com a greve dos servidores nesta quarta-feira (18), segue com atendimento apenas em casos de urgência e emergência, nas UPAs Norte e Sul. As consultas médicas são realizadas em 21 do total de 49 unidades na capital. Centro, Itacorubi, Trindade, Abraão, capoeiras, Coqueiros, Monte Cristo, Sapé, Vila Aparecida, Canasvieiras, Ingleses, Jurerê, Rio Vermelho, Santo Antônio de Lisboa, Armação, Caieira da Barra do Sul, Campeche, Costa do Pirajubaé, Lagoa da Conceição, Rio Tavares, Tapera. 29 disponibilizam serviço de farmácia. Itacorubi, Monte Serrat, Saco dos Limões, Abraão, Balneário, Capoeiras, Coqueiros, Jardim Atlântico, Sapé, Vila Aparecida, Canasvieiras, Ingleses, Jurerê, Ratones, Rio Vermelho, Saco Grande, Santo Antônio de Lisboa, Vargem Grande, Alto Ribeirão, Armação, Caieira da Barra do Sul, Campeche, Carianos, Costa da Lagoa, Costa do Pirajubaé, Fazenda do Rio Tavares, Lagoa da Conceição, Pântano do Sul, Tapera. Vacinas disponíveis em 17 locais. Centro, Itacorubi, Monte Serrat, Abraão, Balneário, Capoeiras, Vila Aparecida, Canasvieiras, Ingleses, Saco Grande, Santinho, Santo Antônio de Lisboa, Armação, Costa do Pirajubaé, Lagoa da Conceição, Ribeirão da Ilha, Tapera. Na educação: 88 creches e atendimento normal em 9, parcial em 44 e 17 unidades estão em greve. Outras 18 sem informação disponível. Das 36 escolas o atendimento está normal em 4, parcial em 14, em greve 17 e 1 sem informação.