O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Criciúma, está com os atendimentos paralisados devido a greve adotada em todo o território de Santa Catarina. Outras regiões do país também aderiram ao movimento.

Os servidores buscam reposição salarial, abertura de concurdo público para a recomposição do efetivo e melhores condições de trabalho.

 

Confira a nota publicada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência no Serviço Público Federal (Sindprevs):

A negociação do Comando Nacional de Greve/Fenasps com o Governo entrou em uma fase que exige o esforço de todos e todas para garantir o melhor acordo possível para a categoria.

No momento, além das questões econômicas, as negociações avançaram na participação dos servidores em fóruns de discussão da carreira e de processos de trabalho.

É por isso que, nesta semana, o movimento nacional grevista convoca a categoria para reforçar a mobilização. O Comando Nacional de Greve e a Fenasps vão realizar atos em Brasília nos dias 11 e 12 de maio.