Apesar de ser só elogios ao bairro, o aposentado Arno Droese tem uma pequena observação a fazer em relação ao posto de saúde do Rau. Falante e simpático que só, ressaltou que o atendimento no local é muito bom.
“Faço exames ali todos os anos, há uns dez anos, os médicos são muito bons, a única coisa que poderia melhorar é a entrega dos remédios. Eu uso remédio controlado, então sempre preciso pegar no postinho e, às vezes, fico dois ou três dias sem um deles porque está em falta”, diz.
Saúde é também a reclamação do dentista Diego Andrey Peça, 29 anos. Ter o consultório próprio é ter também os ouvidos atentos às reclamações e observações dos pacientes. Justamente por isso que ele aponta a saúde como uma das possíveis deficiências do bairro. https://ocponline.com.br/bairro-rau-em-jaragua-do-sul/ “Eu escuto eles falando que o atendimento tem deixado a desejar e a principal reclamação é da falta de profissionais especializados, de médicos especializados, como pediatra e dentista”, diz.

Tempo para consultas no posto de saúde do Rau é considerado razoável

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, no posto de saúde do Rau trabalham hoje, um médico clínico, um pediatra, uma enfermeira, três técnicos de enfermagem, seis agentes comunitários de saúde, um agente de limpeza e uma recepcionista. Ainda de acordo com a pasta, a média de espera para consulta clínica é de quatro meses, o que, para a secretaria é um “tempo razoável para consultas de rotina”. Em caso de urgência, a unidade disponibiliza quatro consultas diárias. Quanto ao dentista, a secretaria informou que o consultório odontológico deverá iniciar as atividades ainda neste ano. https://ocponline.com.br/moradores-do-rau-pedem-mais-seguranca-e-pavimentacao/