A cidade de Cametá, no Pará, viveu uma noite de terror semelhante a vivenciada por moradores de Criciúma. Uma quadrilha tomou as ruas do município que fica a 235 km de Belém, no começo da madrugada desta quarta-feira (2), para assaltar bancos.

Segundo o site Globo.com, moradores relataram em redes sociais uma noite de terror. Um morador da cidade identificado como Alessandro de Jesus Lopes foi morto pelos assaltantes após ser feito de refém. Outro morador foi atingido na perna por arma de fogo e está internado no hospital da cidade.

A ação tem características semelhantes à registrada em Criciúma, na madrugada desta terça (1º), em que uma quadrilha também fez ataques pelo município em ação para assaltar uma agência bancária.

Assim como ocorreu em Santa Catarina, a quadrilha que atacou Cametá também usou reféns como escudos para se locomover pelas ruas da cidade. As pessoas foram capturadas em bares. Os criminosos atiraram para cima durante mais de uma hora. O grupo usou armas de alto calibre e explosivos.

Um quartel da Polícia Militar (PM) foi atacado, impedindo a saída dos policiais. Esse método também foi utilizado pelos homens que levaram terror a Criciúma.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp