Por Heloísa Jahn | Fotos João Azevedo/Divulgação Um homem que nasceu com um chifre e se torna atração de um circo. Para os tempos atuais parece uma barbárie, porém, em um passado não tão distante não era. A história fictícia é inspirada nos shows de horrores do século 19 e início do 20 e norteia o novo espetáculo que a Companhia Avenida Lamparina estreia nesta semana. Excluídas pela sociedade e geralmente deixadas de lado pela família, pessoas com anomalias genéticas e até mesmo deficiência física eram expostas com seus “defeitos” e se tornavam atração dos “shows de horrores”, como uma alternativa para sobreviver. Instigados pela temática e afim de produzir algo diferente, o grupo de teatro jaraguaense investiu anos de pesquisa até chegar na dramaturgia de “Ivan, o defeituoso”. De acordo com o diretor e dramaturgo, Thiago Barba, essa peça vinha sendo pensada desde 2013 e tem inspiração dos filmes Monstros (1932), Abismo do Medo (2005), Freak (1932) e do livro Frankenstein, de Mary Shelley. “Eles tratam dessa linguagem do circo de horrores, da escuridão e da sensação de estar correndo perigo. Então, mesclei essas referências para a peça”, conta. A narrativa apresenta a história de duas irmãs que fazem exibições do irmão mais novo, Ivan, uma pessoa que nasceu com um chifre. “O espetáculo tem essa premissa da escuridão, do horror. O Ivan, esse monstro que as irmãs chamam, comete atrocidades. Apesar de ser inspirada em algo do passado, a peça se passa nos tempos atuais e isso, para mim, é cumprir o papel do teatro, de fazer com que as pessoas vivenciem essa história”, enfatiza. Além de todo o cuidado com a pesquisa e texto da peça, outra preocupação foi caprichar na sonoplastia e iluminação para levar aos espectadores a atmosfera de suspense e horror. Os figurinos e o cenário são assinados pelo artista Lucas David e a iluminação e sonoplastia foram feitas por Jefferson Bittencourt. 23 “A gente brinca que o cenário é um antigo circo que virou açougue justamente porque apresenta aspectos de um local de carnificina, mas tem a leveza e cores do circo”, diz o diretor. O elenco é formado por Thiago Barba, Suzi Daiane, Maria Eduarda, Adriel Vieira e Maike França, no apoio. Apesar de ser um espetáculo de terror, o primeiro da companhia, a promessa é de bastante interatividade. Cada apresentação será diferente, já que depende da resposta do público. “Uma coisa que gostamos no teatro é que ele seja diferente, trabalhamos para que esse seja um espetáculo que fique na memória do público”, aponta o diretor. Além disso, o espetáculo é recheado de surpresas. Uma das formas de levar o clima de suspense para os espectadores é a realização da “sessão maldita”, às 23 horas de sexta-feira e sábado. Ao todo, serão realizadas cinco sessões: na sexta-feira (28), às 20h e às 23h; sábado (29), também às 20h e às 23h; e domingo (30), às 20h, todas no teatro Gats. Os ingressos antecipados custam R$ 10 e na hora, R$ 15. A montagem da peça tem o apoio do Fundo Municipal de Cultura. Serviço: O quê: estreia do espetáculo "Ivan, o defeituoso" da Companhia Avenida Lamparina Quando: dias 28, 29, e 30. Nos três dias sessões às 20h e na sexta-feira e sábado sessão extra às 23h Onde: Teatro de Bolso Gats na avenida Marechal Deodoro da Fonseca, 1.080 sala 4, no Centro Quanto: R$ 10 antecipado e R$ 15 na hora Classificação: 18 anos