O prefeito de Araquari, Clenilton Carlos Pereira, decretou nesta segunda-feira (28) situação de emergência para que os serviços básicos oferecidos no Município não fiquem desabastecidos em decorrência da manifestação dos caminhoneiros, que iniciou no dia 21. A iniciativa partiu do Comitê de Crise, formado pelos responsáveis das seguintes pastas: Governo, Educação, Saúde, Administração, Procuradoria e Defesa Civil.

Os serviços básicos como escolas, funcionalismo público e serviços de saúde estão mantidos até quarta-feira, 30. Porém, estão suspensos desde quinta-feira (24) os trabalhos realizados por máquinas, caminhões, tratores e carros pequenos, por conta da falta de combustíveis nos postos da cidade.

decreto 93/2018 assinado pelo chefe do Executivo visa garantir o abastecimento de combustíveis para veículos que fazem serviços indispensáveis como de segurança e saúde, caso a crise gerada pela greve persista por mais dias. Lembrando que nesta quinta-feira, 31, é feriado nacional de Corpus Christi, e na sexta-feira, 1º, é ponto facultativo.

Confira a situação dos serviços públicos para os dias 28, 29 e 30 de maio:

Escolas e creches da rede municipal: funcionamento normal.

Pronto Atendimento e Unidades de Saúde: funcionamento normal.

Procon: atendimento normal somente na unidade do bairro Itinga, anexo a Subprefeitura.

Escolas estaduais: funcionamento normal.

Instituto Federal Catarinense: as aulas estão suspensas.

Coleta de lixo | Recicle: está suspensa desde sexta-feira, 25.

Transporte intermunicipal | Verdes Mares: funcionando com horários normais.

Iluminação pública | Quantum Engenharia: funcionamento normal.

Celesc: atendimento de emergência (falta de energia elétrica ou fio partido). Os serviços de ligação, religação e atendimento comercial estão suspensos.

Casan: abastecimento de água está normal. Entretanto, ao que se refere ao atendimento ao consumidor,  estão sendo priorizados os serviços de emergência, como falta de água ou rompimento da rede.

-

Quer receber as notícias no WhatsApp? 

Região de Jaraguá do Sul. Clique aqui

Região de Joinville. Clique aqui

Região de Florianópolis. Clique aqui