A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovou o Projeto de Lei que considera o transporte coletivo, municipal e intermunicipal, como serviço público essencial para população durante o período de aplicação das normas referentes à contenção do coronavírus.

O PL, dos deputados Luiz Fernando Vampiro e Jerry Comper, foi apensado ao projeto apresentado primeiro pelo deputado Sargento Lima.

"O Estado tem a obrigação de garantir transporte seguro à população, pois o povo depende desse serviço para deslocar-se dentro dos limites da cidades e entre as cidades do Estado, havendo a necessidade de garantir a saúde e o trabalho dos cidadãos. Claro que cada cidade deve considerar sua realidade local para avaliar o retorno, ou não", destaca o deputado de Criciúma, Luiz Fernando Vampiro.

Suspensão

A atividade segue suspensa desde 18 de março em todo o Estado.

Ainda nesta noite, o governador Carlos Moisés concederá uma entrevista coletiva à imprensa sobre a possibilidade, ou não, do retorno.

Amanhã, às 7h, em frente a Rodoviária, em Criciúma, trabalhadores do setor farão uma manifestação pedindo a volta do serviço.