Toda semana, a cozinha de dona Esther Zancanella, 73 anos, é o ponto de encontro para familiares, amigos e vizinhos tomarem café da tarde. No último sábado (19), um dos pratos apreciados pelos conhecidos da aposentada foi o vencedor do 1º Concurso de Cucas de Banana em Corupá. A disputa integra a semana de programação especial dedicada à fruta e premiou a receita de um morador e de uma empresa que se dedica à produção do doce tradicional. Foi primeira vez que Esther precisou anotar os ingredientes e o modo de preparo da sua receita. Com anos de experiência na cozinha, a junção dos elementos acontece como mágica pelas mãos da aposentada e se transforma em uma deliciosa cuca. As bananas utilizadas na receita são do tipo caturra. “Meu filho costuma trazer do local onde ele trabalha. Elas são cultivadas sem agrotóxicos”, conta. Preparar delícias faz parte da história de Esther. Ela e o marido Orlando Zancanella, 76 anos, comandaram o restaurante Gruta Verde por quase 40 anos. O espaço onde funcionava o estabelecimento hoje abriga a residência do casal. “Além do serviço de almoço, recebíamos festas de casamento e outras comemorações. Cozinhávamos tanto as opções salgadas quanto as doces, incluindo os bolos”, comenta Zancanella. O marido acredita que foi a união entre o casal que fez a diferença no dia do concurso. Com a mão esquerda quebrada, Esther teve a ajuda de Orlando para descascar e fatiar as bananas que seriam colocadas em cima da massa da cuca. “Eu estava tranquila, faço a receita com frequência e tinham muitos concorrentes, mas os meus vizinhos e amigos estavam apreensivos pelo resultado”, recorda a aposentada. Outros 14 inscritos da comunidade disputaram com Esther.
Orlando acredita que foi a união entre o casal que fez a diferença no dia do concurso | Foto Eduardo Montecino/OCP
O talento da aposentada com a culinária foi repassado para as gerações seguintes. Sua filha está à frente de um negócio de doces e sua neta abriu um espaço para café em Jaraguá do Sul. Para os momentos de confraternização que organiza em casa, Esther também prepara outras iguarias, como bolachas caseiras e bolos. Conforme a diretora executiva da Associação dos Bananicultores de Corupá (Asbanco) Eliane Muller, responsável pelo concurso, a primeira edição teve uma excelente participação da comunidade e deve ser promovido novamente no ano que vem, durante a Semana da Banana. Leia mais: Cucas de banana com nata e sem uso de glúten e lactose vencem concurso em Corupá